Ela sorriu com uma mensagem

girl-on-smartphone

Recentemente eu estava indo para casa, após ter terminado todas as minhas responsabilidades do dia. Estava cansado e preocupado com o dia seguinte.

No caminho para casa eu encontrei com uma amiga, que vinha na minha direção. Ela estava olhando para o celular e sorrindo. E eu me perguntava, o que pode ter de tão interessante nesse celular que esteja deixando ela tão feliz assim.

Eu passei por ela e apenas a cumprimentei, não parei para conversar, tampouco perguntar os motivos de tamanha felicidade, afinal, estava com pressa, precisava chegar em casa logo. Ela retribuiu o cumprimento e continuou fixada em seu celular.

Essa imagem dela sorrindo e olhando para o celular ficou na minha mente. Fiquei curioso.

girl-smile-smart

Por que ela estava tão feliz assim?

Tempos depois eu a encontrei novamente, ela estava acompanhada de um cara que eu não conhecia. Ela nos apresentou. Fiquei mais curioso ainda, será que ele era o motivo dela estar tão feliz naquele dia?

Quando eu tive uma abertura, sem ele presente, eu perguntei para ela sobre o dia em que nos encontramos na rua, que eu tinha percebido que ela estava feliz. Ela falou que naquele dia, ela tinha acabado de sair com esse rapaz e, naquele exato momento, ele tinha mandado uma mensagem para ela, falando sobre como a noite tinha sido interessante e que ele adoraria vê-la novamente.

Isso a deixou muito feliz. Ela também queria ver ele de novo, mas não sabia como dizer isso para ele. Estava preocupada se ele tinha se interessado nela ou não.

Após esse episódio me peguei refletindo em como essas pequenas atitudes são interessantes. Eles já haviam se conhecido, já estavam conversando e tudo mais, mas apenas um sms, no fim do dia, foi o suficiente para deixa-la feliz.

E eu me perguntei sobre o que eu estou fazendo para deixar as pessoas que eu gosto feliz. Às vezes, nós pensamos que para que o outro fique feliz, é preciso fazer grandes gestos, grandes demonstrações de carinho ou amor.

Mas na verdade, em alguns momentos, é preciso apenas demonstrar que gostamos da companhia do outro e comunicar isso para eles. Essa minha amiga ficou feliz em saber que o rapaz, assim como ela, também estava gostando da companhia dela.

É claro que nesse caso, os dois estão apenas se conhecendo, e por isso ela ficou feliz com a mensagem. Mas e quando nós já conhecemos a mulher? E quando já nos relacionamos com ela?

casal-namorados

Será que existem maneiras de deixá-la tão feliz assim. Será que elas ficam mais exigentes com o tempo, ou nós, homens, que paramos de ter algumas atitudes, mesmo que simples, que deixam elas felizes.

A partir desse momento, eu passei a tentar me esforçar mais, a demonstrar para minha parceira que eu me importo com minha relação, deixando claro que ela é importante para mim. Eu parei de me preocupar com os grandes gestos, e me foquei nos pequenos.

Desde a forma como inicio o dia, da maneira como falo com ela e até como respondo as mensagens que ela me manda. Para que assim, todos esses pequenos gestos, se tornem em algo significativo para que, a minha parceira, possa se sentir feliz, como essa amiga se sentiu.

Foi assim que percebi que é preciso sair do automático e mudar algumas de nossas atitudes. Que é preciso ter esforço, mudando pequenas coisas que antes nós não nos importávamos.

As consequências dessas pequenas mudanças podem ser muito grandes, mas elas aparecem com o tempo. Por isso, além de mudar, é preciso ter paciência para colher os resultados.


Leonardo Luchetta544 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register