As consequências das brigas de casal nos filhos

briga-casal

Quando um casal tem uma certa dificuldade de relacionamento, geralmente quem está no convívio do casal acaba sofrendo com isso. Quando há filhos envolvidos então, as conseqüências podem ser muito grandes neles, afinal, eles estão completamente envolvidos na relação.

Independente da idade dos filhos, as brigas sempre são percebidas e vivenciadas por eles das mais diversas formas, tendo, geralmente, consequências negativas. É sobre essas consquências que iremos refletir.

Agressividade.

As brigas do casal podem refletir nos filhos, fazendo com que eles fiquem mais agressivos.

Essa agressividade passa a ser tanto com os pais como para outras pessoas, como para figuras de autoridades (como professores, tios, etc.) quanto para figuras mais próximas (amigos ou colegas).

crianca-revolts

Sentimento de culpa.

Os filhos podem achar que eles são o motivo para que as brigas estejam ocorrendo, gerando um sentimento de culpa. Esse sentimento pode se generalizar, fazendo com que, em outras ocasiões, a criança também se sinta culpada (mesmo com eventos que não tem relação com ela).

Ou seja, a criança passa a se vitimizar e a sentir que todas as suas atitudes terão consequências negativas (afinal, elas sentem que são culpadas por quase tudo de ruim que ocorre).

Repetição de modelo.

A “repetição do modelo” diz respeito aos filhos passarem a imitar os seus pais. Seja imitando palavras que são ditas durante as brigas ou passando a brigar com as outras pessoas.

Afinal, eles acabam aprendendo que a briga é a única forma de resolver os seus problemas.

Sentimentos conflitantes.

Os sentimentos conflitantes aparecem quando os pais falam mal um do outro. Isso envolve ainda mais a criança nas brigas do casal e faz com que eles se sintam confusos (afinal, amam os pais e não sabem se devem continuar gostando deles ou se devem acreditar no que o outro está falando).

Isso é muito comum em casais divorciados, em que um dos pares acaba tentando “trazer o filho para o lado dele”. Mas ocorre também quando há muitas brigas no relacionamento do casal.

crianca-depressiva

Tristeza.

As brigas trazem ainda um sentimento de tristeza constante para os filhos do casal, pois eles sentem que há algo errado. Esse sentimento acaba acompanhando os filhos por muito tempo, trazendo insatisfações e sentimentos de incompletude.

Por esses motivos, é interessante evitar as brigas em um relacionamento, principalmente quando há filhos envolvidos. As brigas não podem ocorrer na frente dos filhos, tampouco envolvê-los nas brigas.

Mesmo quando os filhos não presenciam as brigas, eles conseguem perceber que há algo de errado.

Por isso é tão importante tentar resolver os conflitos do relacionamento de uma forma harmoniosa e amistosa, sem que envolva brigas.


Leonardo Luchetta527 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register