Aprenda a diminuir o consumo de bebidas alcoólicas

reduzir-consumo-alcoolico

O uso abusivo de bebidas alcoólicas é algo muito comum entre os homens e isso pode trazer grandes consequências negativas, tanto para a vida quanto para a saúde de cada um.

Muitos homens tentam, mas nem todos conseguem diminuir o consumo das bebidas alcoólicas, seja em quantidade ou frequência. E é para ajudar a diminuir esse uso e, principalmente, modificar esses hábitos negativos que criei esse artigo.

Pretendo trazer algumas dicas de como diminuir o uso de bebidas alcoólicas, para quem sente que está exagerando na dose. Lembrando que este artigo não tem a finalidade de te ajudar a parar de vez com a bebida, tampouco irá ajudar quem sofre com o vício alcoólico, que necessita da ajuda de profissionais da saúde para isso.

Separei 4 dicas para quem deseja diminuir a frequência e a quantidade de bebidas alcoólicas ingeridas.

1) Tenha dias em que você pode beber.

Existem pessoas que bebem diariamente, outras pessoas bebem quando sentem vontade (o que pode ser muito frequente) e outras bebem apenas quando estão com os amigos. Para diminuir o consumo de bebidas alcoólicas, é interessante separar algum dia em que você possa realmente beber e dias que você não pode fazer isso. A sexta-feira, por exemplo, é um dia propício para beber, assim como o final de semana.

Mas se existem dias que você pode beber, devem existir então dias que você não pode beber. É importante que você tenha mais dias sem poder beber, para que o consumo seja diminuído. Portanto, se você for beber apenas na sexta e no final de semana, no restante dos dias você não poderá beber mais nada. Além disso, você precisa controlar a quantidade de bebida ingerida e isso nos leva ao próximo tópico.

Cerveja

2) Saiba a quantidade que você poderá beber.

Ter uma quantidade exata do quanto você poderá beber é muito importante para diminuir o consumo de bebidas alcoólicas. Dessa forma você acaba se policiando mais e, principalmente, dará mais prazer à bebida ingerida, pois sabe que não irá beber mais. Você pode separar a quantidade de acordo com cada bebida. Digamos que você beba cerveja, separe uma quantidade (não muito grande) de latinhas ou garrafas que você irá tomar no dia e beba apenas essa quantidade. Você pode beber ao longo do dia ou beber todas de uma vez, o importante é saber parar.

Para você não errar e não extrapolar na bebida, é aconselhável que você compre apenas a quantidade de bebida que poderá tomar. Digamos que você irá beber 6 latinhas de 350 ml de cerveja no sábado, compre então apenas 6 latinhas. Assim você diminui o consumo e ainda economiza uma grana.

3) Modifique a sua bebida.

Uma boa maneira de diminuir o consumo de bebida alcoólica é modificar a bebia que você já está acostumado. Por exemplo, digamos que você bebe muita cerveja e sempre da mesma marca, modifique essa marca de cerveja para uma com maior qualidade. A cerveja de melhor qualidade costuma ser mais cara do que a de menor qualidade. Você só poderá gastar a mesma quantidade de dinheiro que gastaria com a outra cerveja. Dessa forma, você compra menos cerveja, mas, por outro lado, bebe com mais qualidade e tem o mesmo nível de satisfação.

Você pode modificar para outro tipo de bebida, como os destilados, por exemplo, mas como a quantidade alcoólica é maior, você deverá beber muito menos. Digamos que você quer beber uísque. Então você deve tomar apenas algumas doses e guardá-lo, não podendo tomar mais nada.

4) Beba como uma recompensa.

Se você está bebendo com muita frequência e precisa, com urgência, diminuir a quantidade de bebida alcoólica consumida, você pode então beber apenas como uma recompensa para algo que você realizou. O beber deve se tornar um benefício, não podendo ser feito a qualquer momento.

Dessa maneira, você poderá apenas tomar algo quando realizar uma coisa bem importante, bebendo para comemorar. Isso pode ser difícil, mas é importante, pois dessa forma você associa o beber a algo bom e positivo e deixa de beber nas horas ruins. Você deve merecer poder beber.

Conseguir diminuir o consumo de bebida alcoólica nem sempre é fácil, principalmente quando os homens desenvolvem esse habito e bebem apenas por costume. Por isso você irá precisar de muita disciplina, seguindo a risca cada dica, não podendo beber em dias errados nem extrapolar na bebedeira. Com o tempo beber com sabedoria e com moderação será algo natural para você.


Leonardo Luchetta547 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

1 Comentário

  • Fulana de tal Reply

    29 de outubro de 2019 at 00:36

    Meu avô paterno era alcoólico, o irmão do meu avô paterno, eu pai era álcoolico,meu tio paterno é álcoolico. Eu sou alcoólica.
    Obrigada por fazerem essa matéria. Meu pai perdeu a mulher, perdeu o respeito dos filhos, perdeu a saúde e aí parou de beber aos 43 anos depois de duas paradas cardíacas. Infelizmente meu pai morreu com 58 no seu terceiro infarto.
    Felizmente ele teve tempo de me ver parando de beber.
    Eu me internei e dois meses depois meu pai morreu.
    Vocês não tem ideia de como é ruim viver com um viciado.
    Ele me batia, queria bater na minha mãe, né acordava no meio da noite e me obrigava a fazer companhia pra ele. No dia seguinte não se lembrava de nada.
    A Fulana de tal (eu) entende o que o Fulano de Tal
    (meu pai) passou. Eu sei que ele sofreu ,e sei o quanto ele sofreu. Mas a filha , eu…a garotinha,está lutando pra perdoar e dói muito.
    Por favor , se vc está fazendo isso, pare e peça ajuda. Peça ajuda antes que vc não possa beber nem batida de tia mais velha. Pra continuar podendo beber , talvez seja melhor vc parar e se dar algum cuidado. Pq bebida não e remédio nem afago.

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register