6 dicas para aceitar opiniões contrárias com mais facilidade

aceitar-opiniao

A dificuldade em aceitar verdadeiramente as diferenças pode ser considerada um dos maiores causadores de conflito nas relações humanas. A não aceitação do outro e, consequentemente, a não aceitação da opinião do outro, ou da forma como ele percebe o mundo pode desfazer amizades, criar inimizades e principalmente criar grandes conflitos, dependendo de quão destoantes são essas opiniões.

Refletindo sobre as diferenças de opiniões e da aceitação das diferenças, desenvolvi algumas dicas para tornar essa aceitação um pouco mais fácil. Lembrando que é preciso refletir também acerca das próprias opiniões para que esse processo ocorra de uma maneira mais fluida. Vamos então às dicas.

O outro não precisa ter a mesma opinião que a sua

Os conflitos sobre as divergências de opiniões ocorrem principalmente porque um tenta fazer com que os outros aceitem e tenham as mesmas opiniões que as suas. Quando alguém discorda da forma como nós percebemos o mundo, independente de como ela seja (comprovada ou não), é comum que ele tente modificar essa nossa opinião e nós, consequentemente, tentamos fazer com que ele aceite e tome nossa opinião como sendo também dele. Em outras palavras, nós tentamos convencer o outro a aceitar o que pensamos.

Para evitar isso, você precisa perceber a opinião do outro apenas como mais uma opinião, diferente da sua. Não tente fazer com que ele aceite e partilhe da sua opinião e não deixe ele tentar convencer você a mudar de opinião. Nessas situações o interessante é dizer que você entenda a opinião dele, e que está tudo bem elas serem diferentes, afinal, cada um é livre para pensar da maneira que quiser. É imprescindível então deixar de tentar fazer com que o outro tenha a mesma opinião que você.

Está tudo bem em discordar

Discordar não significa brigar ou ficar chateado com a opinião do outro. Na verdade significa que você não concorda porque pensa de modo diferente, mas respeita que ele tenha aquela opinião, por mais absurda que ela possa parecer para você. Lembrando que a sua opinião pode também parecer absurda para ele.

Essa diferença de opiniões é que faz com que o mundo seja tão diversificado e enriquecedor como ele é. Imagina se todo mundo concordasse sempre com as mesmas coisas. A essa altura já estaríamos estagnados.

Entenda os motivos das opiniões do outro

Para facilitar o processo de aceitação da opinião do outro, é interessante tentar perceber quais são os reais motivos para ele ter essa opinião. Isso é possível através do entendimento que a opinião de uma pessoa se origina a partir da história de vida da pessoa, de suas experiências e principalmente da forma singular com a qual cada um perceber e entende a sua própria realidade. Ou seja, cada pessoa pode perceber um mesmo acontecimento de formas completamente diferentes, pois todos temos sentimentos e pensamentos (passados e atuais) influenciando a forma como iremos receber as informações.

Para entender a opinião de alguém, você precisa saber que ele as tem em decorrência de algo e principalmente da forma como ele percebe esse algo, que é completamente diferente de como você percebe esse algo. Assim você aceita tanto a opinião do outro como a percepção dele das coisas. Mesmo que você ache isso “errado”(que também é apenas um conceito).

Saiba que você não está sempre certo

Ter a própria opinião não significa estar sempre certo. Esse é um pensamento que devemos ter com mais frequência. Por mais estudos e informações que você possa ter, não significa que você está certo de tudo e que o outro está sempre errado. Você criou suas opiniões também em decorrência da forma como você percebeu e entendeu este amontoado de estudos e informações, que irá diferenciar-se da forma como o outro também as percebeu. Quanto mais cedo nós entendermos isso, mais fácil fica aceitar a opinião do outro, fazendo com que deixemos de tentar fazer com que o outro compartilhe da nossa opinião.

Relacione-se com pessoas com opiniões contrárias às suas

O nosso círculo de amizade geralmente é composto por pessoas que compartilham as mesmas opiniões que as nossas, sendo geralmente formado por pessoas semelhantes a nós mesmo. Isso faz com que as opiniões nossas e de nossos amigos sejam mais próximas. Assim, quando nos deparamos com opiniões completamente divergentes, temos maiores dificuldades em aceitar essa opinião.

Conviver com pessoas que têm diversas opiniões diferentes da nossa, nos traz a oportunidade de aprender a lidar com essa situação e principalmente facilitar a aceitação da opinião do outro. Com o tempo esse processo tornar-se completamente comum.

Não julgue baseando-se em poucas opiniões

É comum que nós julguemos as pessoas a partir de algumas opiniões ou levando em conta o que falam sobre ele. Por exemplo, se você escuta alguém comunicando uma opinião que é contrária a sua, a probabilidade de você não gostar dessa pessoa, somente por esse fato, é muito grande. O contrário também ocorre.

Isso significa que estamos julgando e deixando de gostar de uma pessoa simplesmente por uma opinião com a qual não compartilhamos. Infelizmente nós esquecemos que existem outros milhares de aspectos nessa pessoa além da opinião dela, que podem nos agradar ainda e muito.

O processo de aceitação da opinião do outro nos oferece o benefício de ampliar nossa própria consciência e atingir um crescimento pessoal muito grande, pois faz com que fiquemos aberto ao outro, crescendo assim com ele. Todas as pessoas têm algo a nos acrescentar, devemos somente deixar que isso aconteça. A aceitação da opinião alheia e o não julgamento fazem parte do processo de desenvolvimento pessoal.


Leonardo Luchetta521 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

3 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register