17 razões imperdíveis para visitar Recife

recife-viagem

Recife é construída em torno de uma série de entradas, canais e pontes, fazendo jus ao nome de “Veneza do Brasil”. Além disso, é um porto movimentado e centro de comércio, com edifícios altos e ruas cheias de vida, fazendo uma grande mistura do antigo e do novo, por causa de suas tradições artísticas e folclóricas, música e dança.

Entretenimento e lugares famosos no Recife 

O Recife Antigo é o núcleo vibrante da cidade, já que abriga a Praça da República, o impressionante Teatro Santa Isabel, do século XIX, e a Catedral de São Pedro dos Clérigos. A partir daí, é possível também chegar ao colorido Mercado de São José e descobrir artes e ofícios locais.

O Futebol é importante no Recife, já que tem 10 times de futebol profissional e todo fim de semana centenas de milhares de locais assistem aos seus jogos. O Clássico dos Clássicos é, sem dúvida, o jogo mais importante para assistir, já que duas das principais equipes da região (Náutico e Sport) chegam a disputar o clássico do Recife, que é o terceiro mais antigo do futebol brasileiro, tendo as suas raízes em 1909.

Boa Viagem é um bairro nobre de Recife que é conhecido por ser o centro da vida social da cidade, muitos cafés ao ar livre, restaurantes e uma animada cena noturna. Além de usar a rede social de Badoo para conhecer novos amigos em Recife, uma visita a Boa Viagem permite que pessoas de todo o mundo entrem em contato direto com a vida alegre da cidade, já que todas as noites, a praia de Boa Viagem é iluminada, permitindo aos banhistas nadar à noite e atraindo ainda mais pessoas para a área mais populosa da cidade.

Localizada no coração da cidade, entre a praia de Boa Viagem, o aeroporto e os principais hotéis de Recife, a Cachaçaria Carvalheira ocupa uma área de 5000 metros quadrados e é a maior usina de envelhecimento da cana-de-açúcar do Brasil. Em seu espaço, abriga mais de 10.000 barris de carvalho de madeiras temperadas americanas e europeias, e possui um lounge para que seus visitantes desfrutem duma instalação encantadora instalação temática. A história deste lugar tem seus inícios numa família que se mudou de Portugal para o Brasil no século XIX. 

O Carnaval do Recife é a maior festa deste lugar, pois, acontece nas ruas da cidade com muitos desfiles de samba e shows musicais por toda a cidade. Em particular, a cidade de Recife abriga o maior bloco de carnaval do mundo: o Galo da Madrugada, que foi fundado em 1978, e tem um número recorde de participantes, com mais de 2,5 milhões de membros fazendo parte dele para os carnavais de 2015, 2016, 2017 e 2018. Com o objetivo de organizar eventos de tamanha magnitude, os blocos trabalham durante o ano todo, de modo a ter todos os detalhes prontos a tempo para a incrível celebração. 

marco-zero-recife

O Marco Zero é uma bela praça aberta, com um rio correndo de lado, e sua borda faz fronteira com o estuário do porto de Recife, formado pelo Rio Capibaribe. Este monumento fascinante marca o local onde o Recife foi fundado em 1537 pelos colonos portugueses, e todas as distâncias em Pernambuco são medidas a partir deste ponto. O estuário tem uma represa natural, onde são exibidos os trabalhos cerâmicos do artista Francisco Brennand. Sendo um ponto tão importante e histórico, o Marco Zero e a praça ao seu redor são o centro de reuniões para as celebrações locais, seja para o carnaval ou futebol. 

Construído em 1934 e projetado pelo famoso arquiteto local, Luís Nunes, o Mirante da Caixa D’Água da Sé é uma referência da arquitetura brasileira moderna. Com 20 metros de altura, possui um elevador panorâmico que dá aos visitantes uma visão de 360 graus de Olinda e Recife. As características arquitetônicas do edifício, como o uso de pilares, uma fachada cega e outra fachada perfurada completamente leve, foram eventualmente usadas por Oscar Niemeyer em outras construções na capital, Brasília. O edifício foi remodelado em 2011, oferecendo espaços para exposições e atividades para seus visitantes. 

Lazer e mundo animal em Recife

O Zoológico Dois Irmãos foi fundado em 1939, a partir de jardins botânicos previamente definidos, que pertenciam ao engenho de açúcar Dois Irmãos, que foi propriedade dos irmãos Antônio e Tomás Lins Caldas. Hoje em dia ele abriga cerca de 130 espécies nativas e estrangeiras. O Zoológico Dois Irmãos está contido dentro do Jardim Botânico do Recife, que remonta a 1577, e é um dos primeiros do gênero no Brasil. Atualmente, todo o complexo é administrado pelo governo do estado.

Praias: Recife tem vários quilômetros de praias de areia branca, com águas claras e mornas que chegam a uma média de 26 graus durante todo o ano e várias opções para oferecer aos visitantes. Boa Viagem é a mais famosa, pois, fica no bairro nobre do mesmo nome, mas Recife também abriga outras praias paradisíacas, como Pina, ao sul, e Carmo, que está a meio caminho de Olinda. Uma grande parte das praias de Recife tem recifes artificiais instalados, de modo a garantir que os banhistas tenham uma visita agradável e que a vida oceânica continue segura.

praia-recife

Tubarões. Antes de 1992, as praias de Recife eram animadas por nadadores e surfistas, mas após a construção de um porto na Baía de Suape em 1991, as praias receberam vários relatos de ataques de tubarões-tigres. Depois disso, o governo decidiu estabelecer uma proibição completa de surfar, tentando proteger os nadadores, surfistas e tubarões de encontros indesejáveis. Apesar de o medo espalhado em relação aos possíveis ataques, os moradores locais concordam em dizer que a natação é segura, sempre que os banhistas não passem dos recifes, especialmente na praia de Boa Viagem.

O Instituto Marinho Ecoparque Peixe-Boi dedica-se à recuperação e reabilitação deste mamífero marinho nativo da maioria das Américas. O peixe-boi ganhou seu nome específico porque seu tamanho pode facilmente chegar a meia tonelada. Apesar de seu tamanho, eles são vegetarianos e uma espécie altamente ameaçada. De acordo com os especialistas do instituto existem apenas cerca de 400 deles sobrevivendo em estado selvagem entre a costa tropical do sudeste e nordeste do Brasil até a Amazônia.

Cultura no Recife 

A Casa da Cultura era originalmente uma prisão em um prédio em forma de cruz, que remonta a 1850. Na atualidade, é um grande centro de artes e artesanato, com cerca de 150 lojas distribuídas nos três andares do edifício. Os itens vendidos neste local vêm de todo o estado de Pernambuco, e vão desde cerâmica, esculturas e pinturas, até jogos de tabuleiro, biquínis e souvenirs turísticos. Todos eles estão agora sendo vendidos no que costumavam ser celas de pedra para criminosos. Este prédio também possui uma praça de alimentação, onde é possível desfrutar de alguns dos melhores itens da culinária local: bolo de rolo, tapioca, pamonha, cachaça e muito mais. Além disso, no terceiro andar do prédio fica a casa do Museu do Frevo, onde muitas gravações históricas desse ritmo típico estão em exibição.

O Museu do Homem do Nordeste exibe arte antropológica e popular e é considerado o melhor museu de Recife. Ele está localizado no centro da cidade, não muito longe do Parque Estadual de Dois Irmãos, e abriu suas portas aos visitantes em 1979, sendo uma fusão de três museus previamente estabelecidos: o Museu de Antropologia, o Museu de Arte Popular e o Museu do Açúcar. 

OLINDA

Olinda é uma das razões pelas quais muitos visitantes vêm ao Recife, já que a cidade é patrimônio da UNESCO, e também é considerada a origem de toda a cultura brasileira do século XVI. Todos os anos, até o final de agosto, acontece o Festival do Folclore Nordestino, que é uma celebração de dança e música de toda a região nordeste. 

O Paço do Frevo é um pólo de cultura no Recife, sendo um centro cultural de três andares que oferece aulas de dança e música e recebe mais de 100 mil visitantes por ano. Dentro do palácio, há uma sala de junco adornada com os nomes de várias celebridades que fazem parte da história do centro cultural.

Já o Museu da Cidade do Recife abriga mais de 2500 livros e quase 2000 mapas e projetos arquitetônicos digitalizados. O complexo abriu as suas portas como um museu em 1982 e está localizado na parte sul da cidade, adaptado sobre uma construção portuguesa que foi colocada no topo do antigo forte holandês. Todos os itens que podem ser encontrados nele estão presentes para celebrar a cidade. 

O Instituto Ricardo Brennand é uma instituição cultural peculiar criada em 2002 pelo empresário e colecionador local, Ricardo Brennand. A arquitetura do complexo parece um castelo medieval europeu cheio de arsenal, pinturas e móveis que remontam ao início da Idade Média. Por causa disso, os visitantes deste instituto muitas vezes sentem que estão em algum lugar no norte da Europa, e não em um país tropical. Os artefatos expostos em seus museus, galerias de arte e jardins, são tradicionais e muito modernos, criando o ambiente perfeito para uma visita agradável.

recife-a-noite

A animada capital de Pernambuco possui praias impressionantes e atrações históricas interessantes, todas coroadas por uma intensa vida noturna e comida deliciosa, com muitas outras atrações que recebem milhões de visitantes todos os anos para a quarta maior cidade do Brasil.


Tudo Para Homens633 Posts

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register