Expedição pelo nordeste a bordo do Honda WR-V

Expedicao-WRV

Nada melhor do que uma expedição pelo nordeste brasileiro para testar um carro, né? Essa foi a proposta da Honda para nós testarmos o WR-V.

Foram três dias de expedição, começando em Maceió, passando por São Miguel dos Milagres, Praia dos Carneiros, Porto de Galinhas e encerrando em Recife.

Todos os trajetos foram feitos a bordo do Honda WR-V. Com isso foi possível testar o carro em diferentes tipos de climas, usos e ocasiões, tanto na cidade quanto na estrada.

wrv-guicury-deisi

Minha parceira de expedição foi a Deisi Remus, que além de blogueira também é minha namorada. Nós fomos revezando a pilotagem do carro durante toda a expedição.

O grupo completo também incluía outros jornalistas e blogueiros. Eis a turma toda:

wrv-turma-expedição

O mais bacana é que além de associar os testes no WR-V, nós também tivemos a oportunidade de curtir um pouco de São Miguel dos Milagres e Porto de Galinhas. Sem contar com a hospedagem em lugares bacanas como a “Pousada do Toque” e o “Nannai Resort & Spa”.

Confira algumas fotos da expedição:

saida-aeroporto-wrv

praia-saomiguel-milagres

prato-comida-tipica-frutos-mar

guicury-natur

expedicao-wrv

barco-nascer-sol-saomiguel

cafe-manha-pousada-toque

sao-miguel-milagres-wrv

jangada-saomiguel

deisi-gui-agua

honda-expedicao-lama

balsa-wrv-honda

expedicao-nannai

honda-wrv-expedition

O Honda WR-V

O novo SUV compacto da Honda teve seu projeto liderado pelo time de Pesquisa e Desenvolvimento da Honda Automóveis do Brasil e foi criado pensado especialmente nos brasileiros.

Com de 2,55 m de entre-eixos, 4 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,6 m de altura, oWRV traz medidas compactas que o tornam ágil de condução em grandes centros urbanos. Os 20,7 cm de vão livre do solo e os ângulos de ataque e saída de 21º e 33º, garantem boa dinâmica, mesmo em pisos mais irregulares (o que é bem comum nas ruas do Brasil).

wrv-expedicao

O WR-V vem equipado com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas. Com etanol, o propulsor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m à 4.800 rpm. A transmissão CVT possui conversor de torque, proporcionando uma resposta mais rápida e aceleração linear.

cabine-honda-wrv

A Honda desenvolveu duas versões para seu novo SUV compacto, EX e EXL.

A versão EX traz sistema de áudio com tela de cinco polegadas, onde são projetadas as imagens da câmera de ré, que oferecem três opções de visualização. Esse sistema oferece conectividade via Bluetooth, USB e cabo auxiliar, além de leitor de CD player. No modelo EXL, por sua vez, há um sistema multimídia de sete polegadas com GPS, navegador de internet via hotspot, e conectividade completa via Bluetooth, cartão SD e duas entradas USB.

Todas as versões do WR-V trazem airbags frontais e laterais, além de freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), além da exclusiva estrutura de deformação progressiva ACETM (Advanced Compatibility Engineering) e barras de proteção nas portas, garantindo a máxima proteção nas diversas condições de colisão. A versão EXL traz ainda airbags laterais do tipo cortina, aumentando ainda mais a segurança do SUV compacto.

honda-bancos-rebatidos

O WR-V também traz de série em ambas versões o sistema de bancos ULTRa SEAT (Utility Long Tall Refresh). O sistema permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões. O modo Utility, por exemplo, permite formar uma superfície plana, que amplia o espaço útil para acomodar bagagens, com mais de 1.000 litros.

O que achei do WR-V:

guicury-wrv-honda

Foram 3 dias dirigindo o WR-V, em diferentes terrenos e climas… Deu pra sentir bem como seria usá-lo no meu dia a dia (cidade e estrada).

Além de ser bastante confortável, o carro realmente mostrou que foi preparado para nós brasileiros. Isso porque ele traz toda a dinâmica de um carro compacto, mas com um conjunto de altura e suspensão que deixa o carro preparado para a realidade das ruas e estradas do país.

Nas estradas de Porto de Galinhas e Recife foi onde mais pudemos testar a agilidade e o conforto das suspensões, tanto fugindo quanto caindo nos buracos das vias.

O câmbio CVT é interessante, porque garante uma agilidade na direção. Mas é preciso acostumar com o esquema de aceleração progressiva.

Os únicos pontos negativos que vi no WR-V foram:

• Internamente. Eu achei o acabamento um pouco básico para um veículo desse porte, principalmente o painel e o sistema de multimídia.

• Potência. O carro traz um motor com a mesma potência do Honda Fit. Senti a falta de uns cavalos a mais, principalmente porque ele é maior e um pouquinho mais pesado. Se fosse um pouquinho mais potente iria ter uma dirigibilidade bem melhor.

No entanto considero como uma das melhores opções do segmento, tanto por ser Honda (ter a confiança de que é um carro bom e que dificilmente vai dar problema) quanto pelo preço.

Vale a pena fazer um teste no WR-V!

honda-expedicao-nordeste

Preços:

WR-V EX: R$ 79.400,00
WR-V EXL: R$ 83.400,00

Para mais informações sobre o WR-V, clique aqui.


Guilherme Cury1493 Posts

30 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register