Crenças que podem contribuir para o fim do seu relacionamento

casal-dormindo-brigados

Existem algumas crenças que podem contribuir para que o seu relacionamento chegue ao fim. No geral, são crenças que fazem com que você tenha pensamentos negativos em relação a parceira ou, até mesmo, passe a parar de confiar nela.

Essas crenças também contribuem para que o relacionamento não tenha qualidade, tendo geralmente brigas e desconfianças. Antes de comentar sobre as crenças, é interessante explicar sobre o que são elas.

As crenças surgem a partir dos pensamentos. Ou seja, um pensamento repetitivo faz com que você crie uma crença (ao longo do tempo). Essas crenças muitas vezes são algo que acreditamos, sem que tenhamos refletido sobre o assunto.

Por exemplo, o ciúme pode surgir de uma crença, em que a pessoa acredita que a parceira não está contente no relacionamento. Logo, os pensamentos de ela não estar contente levam a uma crença semelhante. Com o tempo, a pessoa passa a acreditar que a parceira realmente não está contente.

Tudo isso, sem que parceira tenha realmente afirmado que não está contente no relacionamento. Isso é apenas uma suposição, mas que acabou se transformando em algo que a pessoa realmente acredita.

Com isso, muitas consequências podem ocorrer na relação, fazendo até mesmo que ela chegue ao fim.

Por esse motivo, separei as 5 principais crenças que podem contribuir para o fim do seu relacionamento. Confira quais são essas crenças:

Ela está tendo um caso.

Essa é uma desconfiança relativamente comum nos relacionamentos e está relacionada com o medo de ser traído. Com o tempo, esse medo pode fazer com que a pessoa acredite que a parceira realmente está tendo um caso (mesmo quando ela não está).

Com o tempo, algumas pessoas podem até mesmo procurar “vestígios” de uma possível traição, desconfiando da parceira e fazendo com que a relação perca completamente a qualidade.

Ela perdeu o interesse em mim.

No geral, essa crença está relacionada com o medo de não ser interessante o suficiente para a parceira. Assim como, também está relacionada com o medo da parceira encontrar outra pessoa que seja do interesse dela.

Dessa forma, essa crença acaba fazendo com que a pessoa passe a sentir medo de perder a parceira. E cada problema na relação acaba se tornado ainda maior. Com o tempo, as brigas podem aumentar, fazendo com que a pessoa acredite cada vez mais que a parceira perdeu o interesse.

casal-brigando

A relação pode acabar a qualquer momento.

Essa crença pode ocorrer em duas situações distintas. A primeira diz respeito ao medo de perder a parceira. A segunda é referente a perda de desejo pela parceira. Nos dois casos, há uma crença de que a relação pode acabar a qualquer momento.

Se houver o medo de perder a parceira, poderá ocorrer também alguns comportamentos para impedir que isso ocorra, que em alguns casos podem gerar a dependência.

Já falamos sobre o medo de perder a namorada nesse artigo (clique aqui).

Porém, se a crença estiver ocorrendo quando a pessoa não sente mais atração pela parceira, os comportamentos que podem existir serão para que a relação realmente acabe. Fazendo com que a relação tenha uma perda significativa de qualidade.

Ela não se importa mais comigo.

Essa é outra crença relativamente comum entre as pessoas, principalmente em um relacionamento de longo prazo. Com o tempo o homem pode passar a acreditar que a parceira não se importa mais com ele. Ou até mesmo, acreditar que a parceira parou de se importar com o relacionamento. Dessa forma, tudo o que a parceira faz de errado, dará a impressão de que é porque ela não se importa mais.

Dessa forma, o relacionamento pode chegar no fim, pois, junto com essa crença, há também o desejo de que a relação acabe. Isso porque pode ter pensamentos como: “afinal, se ela não se importar mais, porque continuar na relação?”

Portanto, essas crenças acabam fazendo com que a relação chegue ao fim. Principalmente relações mais longas, em que já se passaram por muitos problemas.

É interessante pensar que essas crenças geralmente estão relacionadas com a parceira ou até mesmo com o próprio relacionamento. Dessa forma, quanto mais cedo você perceber essas crenças, mais fácil será para amenizá-las e evitar que seu relacionamento estrague.

Se você possui alguns pensamentos recorrentes sobre o seu relacionamento ou a sua parceira, tenha em mente que isso pode se tornar uma crença, contribuindo para o fim da relação.

A melhor forma de lidar com isso é identificando esses pensamentos e essas crenças, para que você possa encontrar maneiras de diminuí-las com o tempo.


Leonardo Luchetta527 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register