Como ter uma boa relação com seus clientes

amigo-chefe

Se você é uma dessas pessoas que trabalha diretamente com o público, lidando com clientes, fornecedores, vendedores ou simplesmente com pessoas que você precisa conviver (sem que queira) como colegas de trabalho, é importante seguir algumas dicas para ter um convívio mais interessante e conseguir a colaboração dessas pessoas.

Existem alguns pequenos comportamentos que você pode ter que irão te auxiliar a ter mais sucesso nesse convívio, independente de como seja a sua relação.

São mudanças que você pode ter nas suas atitudes que podem fazer com que os outros te vejam de uma forma mais positiva. Confira:

A empatia é fundamental.

A empatia seria a arte de perceber as coisas com os olhos dos outros, do popular “colocar-se no lugar do outro”. Pode parecer algo difícil, mas em alguns casos é bem simples.

Por exemplo, se você vai atender uma pessoa, você sabe que o que ela quer é ser bem atendida, certo? Colocar-se no lugar dela, nesse caso, seria pensar: “como eu gostaria de ser atendido se eu estivesse nesse local?” ou “o que o atendente (que nesse caso é você) poderia fazer para que eu me sentisse bem recebido?”

Com essas perguntas você já consegue entender como poderia agir para atender melhor as pessoas.

Isso serve para todas as relações!

Dessa forma, você age da forma como gostaria que o outro agisse com você.

Ah, é fundamental também agir de uma forma positiva, independente da forma como a outra pessoa está te tratando, falamos um pouco mais sobre isso nesse artigo.

vendedor

É preciso sorrir.

Pode parecer bobagem, mas o sorriso faz toda a diferença na hora de lidar com outras pessoas. Por mais que você já esteja tratando bem, se você não demonstrar que está querendo agradar, ela provavelmente não irá gostar do atendimento.

O sorriso é uma forma de demonstrar que você está sendo receptivo e que não se incomoda em dar o seu tempo para tratar do assunto que a pessoa está querendo conversar. Ou seja, você demonstra que está disponível para ela.

Lembrando: o outro não tem como saber o que você pensa ou o que você está sentindo, por isso, independente de como você esteja, sorria e seja receptivo com o outro.

Saiba ser acolhedor.

Ser acolhedor é muito difícil, afinal, para isso temos que nos importar com o outro e tentar compreender o que ele está nos dizendo. Mas muitas pessoas não se importam com o outro, se importam apenas com o que o outro pode oferecer para eles.

É comum que as pessoas, mesmo quando não as conhecemos, nos contem alguns acontecimentos, principalmente os recentes, como: “estava vindo para cá e quase fui atropelado”. Alguns podem pensar: “E eu com isso?”.

Mas é interessante saber reagir e perceber o que a pessoa está dizendo com isso. Além de iniciar uma conversação, ela está dizendo que passou por um susto, que algo diferente do comum ocorreu. Cabe a você perceber e acolher o que ela está dizendo, mas sem perder o foco do que você está fazendo (no exemplo seria atendê-la, mas isso se encaixa em várias outras ocasiões).

Seja cordial.

A cordialidade é fundamental e pode te trazer muitos benefícios. É um exercício simples mas que muitas pessoas estão se esquecendo de fazer. Um “bom dia” bem dado no início de uma conversa (ou recepção) pode dar abertura para muitas coisas, enquanto uma conversa que inicia mal, tende a criar um clima ruim.

Por isso, não se esqueça da cordialidade e utilize palavra agradáveis para conversar com os outros, abrindo novas possibilidades para você e para as relações.

Já escrevemos sobre os benefícios de dizer obrigado (confira o post).

namoro-colega-trabalho

Trate todos igualmente.

Tratar todos igualmente também é muito interessante, pois demonstra que você não está interessado no que a pessoa tem para te oferecer (e demonstra que você não é um “puxa-saco”).

Por isso tente tratar todas as pessoas igualmente, independente da forma como ela esteja vestindo, da forma como ela fala ou de como ela te trata. Foque no bom atendimento no bom relacionamento e não nas suas escolhas preferenciais.

Quando os outros percebem que você age dessa maneira, além de ganhar o respeito e admiração dos outros, você também demonstra que sabe lidar com o público de uma maneira diferenciada.

Independente do que faz você querer tratar os outros melhor e ter uma relação melhor com as pessoas, é importante que você foque nos seus comportamentos para que o comportamento do outro também mude e te faça uma pessoa melhor.


Leonardo Luchetta527 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register