Como amenizar a ansiedade social

fobia-social

A ansiedade social é, muitas vezes, confundida com a introversão, onde as pessoas são chamadas erroneamente de “tímidas”, principalmente em situações sociais. Apesar da introversão estar interligada à fobia social, existem outros fatores que a caracterizam, tendo em vista que o introvertido, não necessariamente sente-se ansioso em situações sociais, apenas é mais reflexivo e calado. O tímido, por outro lado, geralmente tem dificuldades em certas interações sociais, como conhecer pessoas novas ou situações pelas quais não está acostumado.

A ansiedade social, que varia em frequência e grau, consiste em um nervosismo, algumas vezes incontrolável, precedente aos eventos sociais, tendo como consequência o medo de que ocorra algo errado e que possa ser embaraçoso para a pessoa, levando-a a ser julgada negativamente. Esse transtorno pode ser generalizado, que é quando a pessoa sente-se insegura em praticamente todas as situações sociais, ou a de registro, que é quando ela ocorre em apenas algumas situações consideradas de grande importância para a pessoa, como, por exemplo, uma reunião no emprego, festas e assim por diante. O quadro mais grave da ansiedade social é a fobia social.

Mas como amenizar os sintomas da ansiedade social?

Aceite sua realidade.

A primeira coisa a ser feita para lhe auxiliar neste tema é aceitar que você precisa de ajuda, principalmente para entender como resolver o seu atual problema. É preciso estar motivado para que os resultados positivos apareçam o quanto antes. A não aceitação comumente impede que os sintomas deste transtorno sejam amenizados. É preciso perceber e entender os motivos do seus sintomas, recorrentes de situações sociais, principalmente quando os mesmos estão interrompendo diretamente o seu dia a dia, suas atividades de lazer e no geral, a sua vida.

Seja prestativo.

Os estudos recentes sobre o tema demonstram que as atividades nas quais você está participando ativamente do processo, ajudando os outros e fazendo-se prestativo, pode fazer com que os sintomas negativos da ansiedade social sejam amenizados. Uma das situações é quando uma pessoa diagnosticada com o Transtorno de Ansiedade Social recebeu os amigos e cozinhou para eles, o fato de estar “no comando” e sendo prestativa, serviu para diminuir os sintomas de insegurança e ansiedade. Em outro caso, a pessoa diagnosticada que apenas ajudou no preparo da comida teve também os sintomas amenizados.

Escolha atividades das quais você está acostumado.

A interação social torna-se completamente difícil para quem tem este transtorno. Portanto, é interessante buscar por interações sociais em locais e até mesmo atividades das quais você já está acostumado a realizar, para que assim seja mais fácil amenizar os sintomas. Um nova atividade com pessoas desconhecidas pode fazer os sintomas se potencializarem.

Enfrente os sintomas gradativamente.

Existem muitas situações que fazem com que os sintomas tornem-se potencializados, é preciso tentar amenizá-los para suplantar aos poucos, acostumando-se com as situações. É interessante manter uma rotina, ser organizado e tentar participar de situações com as quais você está familiarizado, acrescentando aos poucos novas atividades e novas pessoas, para que com o tempo, fique mais fácil estas interações.

Aprenda com as situações.

Ao tentar amenizar os sintomas, é preciso que você fique atento a tudo o que agrava ou ameniza, desta forma, fica mais fácil para você descobrir quais caminhos trilhar para diminuir os sintomas negativos, evitando cometer os erros passados. Isto significa, que a diminuição dos erros aumentará as chances de acertos para as próximas atividades.

Entenda seus pensamentos.

Esses medos e ansiedades geralmente são provenientes de pensamentos disfuncionais a respeito das situações. É preciso perceber e entender estes erros. Com o tempo você torna-se capaz de perceber quão infundados são, principalmente quando já participou de situações das quais nunca aconteceu o que você havia previamente pensando. Por exemplo, quando você começa a imaginar que tudo irá dar errado em uma determinada situação, essas possibilidades geralmente são mais imaginativas do que reais. Perceber que em outras situações semelhantes isto nunca ocorreu, é uma forma de diminuir os sintomas, percebendo quão disfuncionais são os pensamentos.

Procure por ajuda.

Nem todos os casos podem ser tratados sozinhos, é interessante procurar o auxílio de profissionais como psicólogos ou psiquiatras para que seja feito um tratamento efetivo com bons resultados, trazendo benefícios e amenizando de forma realmente satisfatória os sintomas da ansiedade social. É preciso lembrar, que a ansiedade social pode se transformar em uma fobia social, que seria o quadro mais grave deste transtorno.


Leonardo Luchetta521 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register