BOWIE e o videoclipe de 30 reais!

david-bowie-mini

Sem dúvida alguma, o álbum The Next Day, do camaleão David Bowie surpreendeu muita gente quando foi lançado. Poucos esperavam que ele lançaria algo esse ano e muitos afirmavam que Bowie não voltaria mais a gravar.

Contrariando a todos, Bowie lançou o excelente The Next Day, que possui uma faixa melhor que a outra, flertando com a sua própria carreira durante o final da década de 70 e início dos 80. Como se não bastasse, a capa do álbum também chamou a atenção, já que trata-se da reprodução fiel da capa do álbum Heroes, de 77, um dos períodos mais criativos de Bowie que, na ocasião, vivia em em Berlim. Na capa do novo álbum  foi apenas acrescentado um quadrado branco com o título The Next Day.

Foi por esse álbum que Bowie estava indicado no Mercury Prize, evento anual que premia o melhor álbum de artista britânico. Além de Bowie, estavam indicados mais 11 artistas, entre eles o Arctic Monkeys, com seu novo disco intitulado AM que, francamente me decepcionou um pouco. Mas o Mercury Prize reservava uma surpresa, e nem Bowie nem Arctic Monkeys foram premiados.

O grande vencedor foi o novato James Blake, surpreendendo a todos. Blake é conhecido por tocar um pós-dubstep com elementos de hip hop. Ele foi premiado pelo álbum Overgrow, que eu francamente não conhecia e estou ouvindo agora, enquanto escrevo esse post 🙂 Como ainda estou na 1ª audição, ainda não tenho opinião formada e, assim que tiver, e se realmente valer a pena, faço um review por aqui.

O camaleão Bowie não compareceu à cerimônia, mas aproveitou para enviar o vídeo de um remix da excelente Love is Lost (assista aqui), presente no seu mais recente álbum, que você pode assistir acima. O remix foi produzido por ninguém menos que James Murphy, ex-líder do finado e ótimo LCD Soundsystem.

Sobre o remix, até achei interessante, principalmente após os 2 minutos de execução, onde Murphy deixa um pouco de lado a identidade sonora do LCD Soundsystem e deixa vir a tona uma sonoridade mais Bowie, próxima ao período entre 77 e 80. Se você prestar bastante a atenção, vai perceber trechos de sintetizador do clássico Ashes to Ashes, lançado oficialmente em 1980 no álbum Scary Monsters (and Super Creeps). Mas, particularmente, prefiro bem mais a versão original de Love is Lost.

Sobre o vídeo em si, que exibe uma pegada mais surrealista, fala-se que o custo de produção ficou em apenas apenas 8 libras, o que equivale a menos de 3o reais 🙂

clique e confira!


Rodrigo Cunha96 Posts

Publicitário, geek, louco por cinema, música, games, livros e boas idéias nas horas vagas e não vagas. Tem medo de fazer compras em NY e beber num PUB de Londres e nunca mais voltar.

1 Comentário

  • Ramón Rodrigues Reply

    31 de outubro de 2013 at 17:45

    Comecei a curtir David Bowie após ler um livro onde a personagem (Christiane F) era apaixonada por ele, mas … 30 reais? impressionante

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register