A importância de exigir laudo cautelar ao comprar um carro

vistoria-carro

A aquisição de carros usados no Brasil exige atenção por parte do comprador. Afinal, se trata de um investimento, muitas vezes de longo prazo, já que nem sempre existe a intenção de trocar o veículo anualmente.

Muitos proprietários são honestos na hora de colocar seu usado à venda, mas existem aqueles que querem passar o veículo adiante o quanto antes, porque sabem que acabaram com um carro não tão bom assim.

Como se trata de um usado, os preços praticados no mercado são mais baixos, o que pode facilitar o sonho de ter o carro próprio. Ainda assim, todo cuidado é pouco, pois um preço muito baixo na hora da venda pode ser um sinal de que há algo errado. E o laudo cautelar por confirmar isso.

Apesar disso, é preciso ter alguns cuidados, pois quando é feita a compra de um automóvel novo, o proprietário tem direito a garantia e revisão por alguns anos (disponibilizado pela montadora), algo que não acontece (ao menos gratuitamente) no caso dos usados.

Por isso o laudo cautelar se torna tão importante, já que é uma forma de garantir que aquele carro tem boas condições de uso e evita gastos não planejados com manutenção em pouco tempo após a compra.

O que é e como funciona o laudo cautelar?

O laudo cautelar é um documento entregue após a vistoria que garante ao futuro proprietário que o veículo a ser adquirido está em ordem. Envolve também a documentação e placa e não apenas o carro em si. Em outras palavras, é uma garantia de que o veículo a ser adquirido pode ser usado sem causar acidentes ou precisar de uma manutenção completa.

É entregue por uma empresa ou profissional especializado e o laudo pode atestar que o carro está aprovado ou reprovado. Este último caso acontece quando existem falhas graves que, mesmo o veículo sendo vendido abaixo do preço de mercado, vão exigir um investimento em conserto e manutenção.

Inclusive, antes mesmo de solicitar o laudo cautelar é interessante consultar a Tabela Fipe para saber qual é o valor praticado para o modelo que chamou sua atenção. Preços muito acima ou muito abaixo desta média pedem atenção e a vistoria cautelar ajuda a entender porque o proprietário apostou naquele valor.

A importância do laudo cautelar

O laudo cautelar é importante, pois:

Traz mais segurança para o proprietário.

Seja o proprietário atual ou o futuro dono do carro, ter em mãos um documento que ateste o bom funcionamento e que tudo está em ordem para aquele automóvel facilitar muito em tudo.

Fica mais fácil para vender e quem vai comprar sabe o que está levando para casa.

Então, sabe aquela expressão “comprar gato por lebre”? Quando existe o laudo cautelar, fica mais difícil de isso acontecer. Se o papel atesta que o veículo tem algum problema e o proprietário justifica que é por isso que vende abaixo do valor de mercado, fica por conta do interessado fechar negócio ou não.

Previne acidentes.

Um veículo com problemas pode ser sinônimo de perigo. Já imaginou se os freios não funcionam corretamente ou o cinto de segurança está com defeito? Esses pequenos detalhes podem causar um grave acidente. Isso sem contar em outros problemas que gerem riscos aos demais motoristas em meio ao trânsito.

Então, quando o laudo é feito, você já sabe de antemão se o carro tem algum defeito importante que vai precisar ser corrigido antes de cair na estrada. Talvez, para você, compense pagar o preço mais em conta pedido no usado e realizar o conserto do problema.

Ajuda a revender o veículo mais rapidamente.

Se o objetivo é revender, quem tem o laudo cautelar em mãos pode se considerar em vantagem. O proprietário tem segurança para afirmar todos os pontos positivos do veículo e quais problemas ele pode vir a apresentar.

Assim, fica mais fácil convencer quem se interessa em comprar o automóvel. Todas as dúvidas são tiradas rapidamente. E mais, se foi feita alguma revisão e troca de peças recente que justifique cobrar um pouco mais que a média da Fipe, o laudo pode ser uma justificativa para essa decisão.

Confirma se a documentação está em dia.

Comprar um veículo é um combo que não envolve apenas o carro em si, mas documentação, seguro e outros itens. Assim, confiar apenas na palavra do proprietário anterior pode não ser tão interessante, da mesma forma que, investigar sozinho todas as informações sobre o automóvel leva algum tempo.

É feita a contratação de uma empresa ou pessoa que trabalha com a vistoria cautelar. A partir daí, será ela a responsável por verificar documentos do carro, quem foram os proprietários anteriores, se já esteve em leilões, se há indício de sinistro, como está a parte estrutural e o próprio recall.

Garante que o automóvel não foi adulterado.

Alterações de placa ou outras modificações que tiram o carro de seus padrões de fábrica podem não ser identificadas facilmente por quem não entende bem de carros. Agora, durante a vistoria, o profissional responsável pelo laudo procura exatamente por isso. Ele sabe o que precisa verificar.

Com isso, o laudo atesta que nada foi adulterado, uma segurança extra para o novo proprietário e a garantia de que está fazendo um bom negócio e não se metendo em uma roubada.

Conclusão.

Apesar de não ser obrigatório, o laudo cautelar deveria ser visto como uma garantia extra na hora de vender ou comprar um carro usado. Tanto o proprietário quanto os interessados em usados saem ganhando ao contar com a vistoria cautelar, já que é possível saber exatamente como o veículo se encontra no momento da compra e venda.

O antigo proprietário consegue ficar livre de processos e reclamações, já que – se existia algum defeito – o laudo atestava isso e quem comprou o veículo concordou em arcar com aquele conserto. Para quem está comprando carros usados, consegue ter mais segurança e até negociar melhor.

Então, não deixe de exigir o laudo cautelar quando for comprar um carro usado. Você vai perceber que a negociação se torna mais eficiente e transparente.


Tudo Para Homens861 Posts

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register