5 dicas para você se livrar do estresse

Homem

O estresse está virando uma realidade em nosso dia a dia, principalmente levando em conta a forma como vivemos. Quando não tratado, pode causar outros transtornos mais graves, levando até mesmo ao transtorno de burnout, que é quando a pessoa atinge seu limite, não dando mais conta de realizar nenhuma atividade.

Existem algumas maneiras de amenizar o estresse, que está muito presente na vida profissional das pessoas, podendo se alastrar para a vida pessoal.

stress

1) Compreenda os agentes estressores.

Para amenizar os sintomas, primeiro é preciso descobrir o que está te deixando verdadeiramente estressado. É preciso refletir sobre os aspectos de sua vida para que seja possível saber qual a fonte do seu estresse. Lembrando que ficar estressado deixa a pessoa extremamente irritada com tudo, então, não é para perceber o que está te deixando irritado, mas sim, o que fez com que esta irritação aparecesse.

Para que isto seja possível é preciso pensar em quando esta irritação começou e até mesmo quanto ele se intensificou, quais foram as atividades e responsabilidades que você adquiriu que contribuíram para o surgimento desse estresse.

Pode ser necessário uma mudança de comportamento, excluindo os agentes estressores para que seja eliminado de forma correta. Por isto a importância de descobrir qual a sua real causa.

2) Cuide de sua alimentação.

A alimentação também é afetada pelo estresse, por isso, é importante começar a cuidar da alimentação, visando o processo de amenização dos sintomas do mesmo. Uma má alimentação pode potencializar os sintomas negativos do transtorno, podendo também prejudicar a sua vida. Comece a dar grande importância na forma como você se alimenta e principalmente na frequência, comendo alimentos saudáveis, nos horários certos.

Ouvir música melhora desempenho durante realização de exercícios físicos, segundo estudo.

3) Pratique atividades físicas.

As atividades físicas podem contribuir para aliviar algumas tensões proporcionadas pelo estresse. É interessante ter uma rotina de atividades físicas, buscando também atividades que lhe tragam prazer, para que assim, alguns sintomas do estresse possam ser amenizados.

4) Aumente sua resistência ao estresse.

Após perceber os agentes estressores, caso eles não sejam passíveis de serem eliminados, por razões profissionais por exemplo, faz-se necessário que você procure aumentar sua resistência quanto ao mesmo. É possível fazer isto entendendo os motivos pelos quais você mantém estes agentes estressores (necessidades) e até mesmo buscando formas de transformar estes agentes. Para isso é necessário preparação e tempo. Somente o fato de conhecer esses agentes já é uma forma de aumentar suas resistências quanto a eles.

5) Fique atento ao seu sono.

Podem existir algumas alterações no seu sono quando você está estressado, por isto, se faz muito importante cuidar também dele. É preciso ter uma rotina, com horário para dormir e acordar, para fazer com que seu organismo adeque-se e faça com que você consiga descansar de forma correta. Esta rotina de sono pode lhe auxiliar também na questão de mudança de humor. É importante lembrar que o sono não é acumulativo, e que a média de sono para uma pessoa saudável é de 8 hora por noite, porém isto não é um regra. Você pode encontrar a quantidade necessária de horas para acordar bem consigo mesmo e disposto. Algumas pessoas precisam de menos de 8 horas, outras mais.

homem-dormindo

O estresse, dependendo de seu grau, pode fazer com que você precise buscar o auxílio de um profissional especializado. Na maioria dos casos, um psicólogo será suficiente para resolver seu problema, porém, em outros casos, talvez seja necessário fazer uso de algum psicofármaco, sendo preciso então buscar auxilio também de um psiquiatra. A psiquiatria em conjunto com a psicoterapia fará com que o seu processo de recuperação torne-se muito mais fácil e rápido.


Leonardo Luchetta549 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

2 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register