25 Games Nostálgicos

Street Fighter II

Se você lembra desses jogos, com certeza, teve uma infância feliz:

International Superstar Soccer

International Superstar Soccer

Um dos jogos mais clássicos de toda a história dos games. Era um jogo bastante previsível. Com o vício, dependendo da posição do atacante ou do goleiro, você já sabia se ia ser gol ou não. O destaque era o jogador “Allejo”, que vestia a camisa 7 da seleção brasileira. Dotado de velocidade e habilidades inacreditáveis, ele era a alegria dos jogadores apelões pois fazia gols de todas as maneiras, inclusive de bicicleta:

Allejo

Super Punch Out

Super Punch Out

Jogo de Boxe extremamente clássico. Você duelava com diferentes estilos de personagens, um mais estranho que o outro. O objetivo do jogo era nocautear todos e ser o campeão. A trilha sonora era bem ruim, mas o jogo era viciante! rs

Super Mario Bros.

Super Mario Bros.

Esse game não poderia deixar de fazer parte dessa lista. Fez milhares de crianças esquecerem de se alimentar e passar o fim de semana em casa. A primeira missão de vida de uma criança da época era zerar esse jogo, depois poderia se pensar na faculdade, emprego, etc.

Alex Kid

Alex Kid

Esse jogo já vinha na memória do Master System II! É tão viciante quanto o clássico Super Mario Bros. No jogo você é um garoto com mãos grandes e muita força. Durante as batalhas você tem que ganhar de alguns inimigos jogando Jokenpô!

Sonic

Sonic

Sonic, vulgo jogo do ouriço azul e da raposinha bonitinha, foi um dos mais viciantes já criado pela SEGA. O Sonic II era um dos melhores, porque foi quando entrou o Tails (a raposinha de 2 rabos). O mais divertido do jogo era se transformar em Super Sonic:

Super Sonic

Streets of Rage

Streets of Rage

Esse game calejou o dedão da metade das crianças da década de 90. O objetivo do jogo é limpar as ruas dos meliantes que estão fazendo o capeta com a cidade, tudo na porrada. Quer dizer, de vez em quando você pode pedir ajuda para um policial que aparece em um carro de polícia, saca um lança-míssil e detona os openentes.

Final Fight

Final Fight

Final Fight segue o mesmo esquema de “Streets of Rage”. São três “mocinhos” que lutam pelas ruas para tentar resgatar uma jovem mulher capturada pela gangue de rua chamada “Mad Gear”. O mais legal era pegar as armas no chão e usar contra os inimigos.

The Revenge of Shinobi

Shinobi

Nesse jogo você é um ninja bom de luta. Para derrotar os inimigos você conta com uma kataná, shurikens e diversas magias. O destaque do game é a participação de personagens como Homem-AranhaBatman e Godzilla.

Mega Man

Mega Man

A clássica história do robôzinho azul contra o Dr. Willy. Foi um dos games mais bem sucedidos da Capcom. Viciava desde a primeira fase.

Golden Axe

Golden Axe

Golden Axe é um clássico jogo de arcade, daqueles que você pode jogar com um parceiro contra os oponentes. Nesse jogo você pode optar por 3 personagens, um bárbaro, um anão ou uma amazona. Todos são fortes e têm poderes especiais. O mais legal é subir nos animais e usá-os para a batalha, como esse bicho rosa, que até hoje eu não sei o que é, que dava uma rasteira na galera . O dragão era o melhor, porque soltava um fogo danado.

NBA Jam

NBA Jam

Essa imagem resume o game de basquetebol mais clássico de todos os tempos. Você fazia enterradas com a bola pegando fogo, quer mais? Era um dos mais divertidos da época.

Splatterhouse

Splatterhouse

Muita gente achava que era um jogo do Jason (aquele personagem de Terror), mas era só uma homenagem. No jogo você é “Rick”, um homem que foi escolhido por uma máscara sobrenatural. Ela o ajuda em sua jornada para salvar a vida de sua amada, poupando-a de ser destroçada e devorada por demônios e zumbis. Um jogo bem macabro e violento.

Battletoads

Battletoads

Battle Toads

Do clássico do videogame ao viciante do arcade, esse jogo também fez muita criança ficar com bolha no dedão. É um jogo de até 2 personagens (sapos lutadores) que podem lutar juntos, ao mesmo tempo, contra os inimigos.

Teenage Mutant Ninja Turtles

Teenage Mutant Ninja Turtles

O mais bacana desse jogo é que dava para jogar em até 4 pessoas. Era como viver a história das Tartarugas Ninjas em um game. O ápice era jogar TMNT comendo pizza ao mesmo tempo.

Altered Beast

Altered Beast

O jogo se passa na Grécia antiga e segue a história de um centurião ressuscitado por Zeus para resgatar sua filha Atena, que foi raptada pelo demônio Neff. O guerreiro ganha a habilidade de absorver “power-ups” que o transformam em uma besta com habilidades especiais. Aliás, quem ouve “Power-Ups” hoje em dia, e foi viciado nesse jogo, chega a chorar de tanta nostalgia.

Street Fighter II

Street Fighter II

Não tem como esquecer do Street Fighter II, né? Esse jogo acabou com a amizade de diversas crianças da época. Principalmente se alguém pegava o Ryu e tinha o macete de fazer o hadouken sequencial.

After Burner

After Burner

After Burner, I e II, foram os jogos mais viciantes de combate aéreo da década de 90. O mais bacana foi quando surgiu o arcade que simulava o avião. Você entrava em uma cabine que parecia de avião e se sentia, realmente, o piloto dessa batalha. Genial!

Pokémon Red e Blue

Pokémon

Preto & Branco ou Colorido, não importava. Esse jogo fez muita criança deixar a vida social de lado para capturar os 150 pokémons. Foi a febre do Game Boy/GameBoy Color. Era possível trocar de pokémon ou duelar com seus amigos, através de um cabo (Game Link).

Rock & Roll Racing

Rock & Roll Racing

Ao som de um belo Rock’N Roll, esse era um jogo clássico de corrida de carros. Sua missão era ganhar a corrida e, para isso, você plantava minas que explodiam os outros carros, batia, jogava óleo na pista e muito mais.

ToeJam & Earl

ToeJam & Earl

O jogo conta a história de dois extraterrestres que ouvem black music e que viajavam pelo espaço. Eis que a sua nave – a Funkotron – acerta um asteroide e cai na Terra. Os dois tripulantes, ToeJam e Earl, devem encontrar todas as peças da nave para poder retomar sua viagem. O jogo é extremamente divertido por conta dos itens que você pode coletar e também pelos inimigos encontrados. Foi um dos primeiros games a dividir a tela no multiplayer.

Mortal Kombat

Mortal Kombat

Um dos games de luta que mais deram grana para as casas de jogos. Fez história trazendo personagens que pareciam “reais” e, principalmente, criando o “Fatality”. Os jovens da época não sabiam a fórmula de bhaskara, mas decoravam todas as sequências para finalizar a luta com um belo Fatality.

Doom

Doom

O jogo de computador Doom foi um dos clássicos de tiros, em primeira pessoa, dos Anos 90. O objetivo de cada fase era simplesmente encontrar a saída que leva ao próximo nível, um botão com um sinal “EXIT” em vermelho. Enquanto isso você precisa sobreviver a todos os perigos ao longo do caminho (em forma de labirinto). Entre os obstáculos estão monstros, barris com lixo tóxico, tetos que vêm abaixo e te esmagam e portas trancadas, abertas se encontrando um cartão-chave ou interruptor.

Duke Nukem 3D

Duke Nukem 3D

Duke Nukem 3D foi uma febre da molecada que tinha PC. Sendo um jogo de tiro em primeira pessoa, a jogabilidade envolve mover pelos níveis através do ponto de vista do protagonista, atirando nos inimigos com diferentes tipos de armas, das básicas às atômicas. O personagem pode se abaixar, pular, nadar, voar de jetpack e muito mais. O auge da malandragem era encontrar as strippers que faziam “top less”.

O grande diferencial desse game é que ele permitia o jogo em multiplayer por LAN (cabos de rede) ou Modem (você discava do seu modem para o modem do seu amigo que iria duelar contigo). No caso da ligação via modem, o jogo era realizado somente depois da meia noite, pois pagava-se apenas um pulso de ligação. rs

Day of Tentacle

Day of Tentacle

Foi um dos jogos mais famosos da LucasArts para PC. Day Of The Tentacle usava o sistema “apontar e clicar”, onde você escolhe a direção que o personagem deve se dirigir ao clicar em um ponto na tela. Há ações como “pegar”, “olhar” e “empurrar”. O mais bacana do jogo é que ele te permite interagir com versões humorísticas de figuras importantes da história da America Colônial: George Washington, Thomas Jefferson, Benjamin Franklin, John Hancock e Betsy Ross.

Full Throttle

Full Throttle

Full Throttle é outro jogo de sucesso da LucasArts de “point & click”, onde o jogo só acontece com os seus movimentos (feitos por cliques na tela) e escolhas de falas. Dessa vez você é Ben, o líder de uma gangue de motoqueiros chamada The Polecats. Com um enredo bem amarrado envolvendo mistérios de paternidade, brigas em cima da moto e muito Rock’N Roll, o jogo virou um clássico para computador nos anos 90.

Full Throttle

Qual outro jogo você colocaria nessa lista nostálgica?


Guilherme Cury1538 Posts

30 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

5 Comentários

  • Aleo Gerez Reply

    18 de abril de 2014 at 15:13

    Puta que pariu! Que post foda!

  • jovenilson ribeiro Reply

    29 de dezembro de 2014 at 12:50

    faltou o zelda a link to the past,e o ocarina of time .

  • jovenilson ribeiro Reply

    24 de janeiro de 2015 at 04:11

    Mais cade o zelda

  • jovenilson ribeiro Reply

    24 de janeiro de 2015 at 04:13

    Esse site é horrivel

  • LUCAS MONTEIRO Reply

    4 de julho de 2016 at 01:28

    SINTA A DIFERENÇA DE VALOR ENTRE UM COROLLA NO BRASIL E NOS EUA,… É DE CAIR O QUEIXO, CONFIRA: https://www.youtube.com/watch?v=5YzB0Tm_cLQ

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register