Um conselho de Casey Neistat que você deveria conhecer

casey-neistat-you

O Casey Neistat, uma personalidade americana, tem algo para nos ensinar com os altos e baixos de sua carreira e de sua vida. Mas antes de contar o seu ensinamento, vou apresentá-lo para você.

Casey Neistat é diretor, produtor de cinema, co-fundador do Beme e youtuber americano, que tem atualmente quase 4 milhões de inscritos em seu canal. Ele mora em Nova York, mas nasceu em Connecticut.

Ele é um cara que largou a escola e não se formou no ensino médio. Com 17 anos foi expulso de casa. Dos 17 aos 20 anos morou em um trailer com a sua namorada, que acabou ficando grávida. Trabalhou em vários empregos (lavador de pratos, atendente entre outros), considerados “low jobs” nos Estados Unidos, ou seja, empregos que não dão muito dinheiro e nem futuro.

Até aqui dá para perceber que ele não teve uma vida tão fácil assim, certo?

Ele precisava de dinheiro, mas não tinha muita perspectiva, até que descobriu a sua paixão por filmagens, câmeras e pela arte, decidindo fazer disso uma forma de ganhar dinheiro.

Foi morar em Nova York para melhorar a sua vida, mas continuou com os “low jobs” em paralelo com o que ele gostava de fazer. E é agora que a história começa a mudar e que vem a parte interessante.

No ano de 2000, Casey, juntamente com seu irmão Van, tiveram a oportunidade de começar a gravar alguns filmes promocionais e em 2008 eles conseguiram vender um seriado, com um grande contrato, para um dos maiores canais dos Estados Unidos, a HBO.

the-neistat-brothers-hbo

Assim surgiu a série “The Neistat Brothers”, que rendeu muita grana para Casey e seu irmão. Ele passou de um cara que trabalhava muito e ganhava pouco, para um cara que não precisava mais trabalhar.

Ou seja, ele era um jovem pobre, sem estudos, morando em um trailer e, alguns anos depois, vendeu um seriado para o maior canal de televisão do país por muito dinheiro.

Isso é o que muitos de nós queremos, certo? Ele chegou lá. Nós também queremos chegar lá! Mas é aí que Casey tem algo para nos ensinar.

Na época em que ele vendeu a série para o HBO, tinha sido a sua maior conquista e o seu maior sucesso em relação ao dinheiro. O canal demorou dois anos para colocar a série no ar e com o dinheiro que recebeu, Casey não trabalhou por dois anos e, segundo ele, não fez nada de produtivo durante esses anos.

Ele não fez mais nada porque tinha “chegado lá”, tinha alcançado o seu sonho, estava “no topo”. Não trabalhou porque acreditava que não precisava mais. Ele pensava que a vida dele iria mudar completamente, pois ele tinha conseguido chegar lá!

neystat-top

Mas na verdade, nada mudou!

Foi assim que ele percebeu que nós nunca realmente chegamos lá, não há nenhum lugar para chegarmos. Nós nunca realmente alcançamos o topo.

Na verdade, quando ele vendeu a série, ele chegou em um topo, mas ao parar e não fazer nada, ele declinou, ele parou de progredir, ficou “confortável”.

altos-baixos-neistat

E assim ele percebeu que a vida tem seus altos e baixos, e depende de nós continuarmos subindo na vida, ou simplesmente nos acomodarmos com a nossa situação atual e regredir. Talvez quando regredimos, nós fiquemos contentes e confortáveis com isso, mas por outro lado, paramos de obter novas conquistas, novas vitórias, paramos de lutar!

É isso que você quer para a sua vida? Alcançar um topo e declinar? Ou você quer fazer da sua vida uma grande subida? Que encontrar um topo ainda mais alto para alcançar? Você pretende fazer dessa caminhada algo produtivo e verdadeiro?

casey-life

Foi assim que ele percebeu que podia mais, que teria novos lugares para alcançar, novos objetivos para completar e continuar subindo. Ele começou a montar novos projetos, criou uma empresa, não por necessidade mas sim porque ele precisava continuar lutando, e resolveu alcançar novos topos.

Ele entendeu que nós temos a chance de escolher. O importante é nunca parar de tentar, mesmo quanto estamos no alto, nós podemos chegar mais alto ainda. E continuar subindo. Se cairmos, isso deve ser um motivador para continuar tentando.

Subir significa continuar lutando, descer significa desistir. É preciso continuar lutando para continuar subindo.

Lembre-se: Você nunca realmente “chega lá”, cada sucesso deve vir com um objetivo novo e maior. Você só chega na linha final quando morre, deixando um mundo melhor do que estava quando você começou.

Se quiser conhecer um pouco mais sobre a história, ele comenta sobre ela nesse vídeo (em inglês).


Leonardo Luchetta552 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register