Reflexões sobre as amizades e a tecnologia

viciados-smartphone

A tecnologia ao mesmo tempo em que aproxima algumas pessoas, independente do tipo de relacionamento, pode ter o efeito contrário, ou seja, servindo também para afastar pessoas. Ela é um dos principais motivos dos términos de namoros ou de fazer com que algumas amizades se desfaçam.

Refletindo sobre os malefícios da tecnologia, principalmente dos smartphones e das redes sociais, por exemplo, elaborei uma lista com as principais consequências negativas da tecnologia sobre as amizades.

Falta de atenção no outro.

Atualmente tem se tornado muito comum as pessoas darem mais atenção para os próprios telefones celulares e, consequentemente, os conteúdo neles contido, como conversar em redes sociais com outras pessoas, assuntos diversos, deixando de dar atenção para as pessoas que estão ao nosso redor. Ou seja, nossos familiares e amigos. Algumas pessoas acabam prestando mais atenção no que esta acontecendo nos aparelhos eletrônicos e param de prestar atenção no mundo e nas pessoas a sua volta.

Isso pode fazer com que muitos amigos se afastem de você, por sentirem-se negligenciados e com pouca importância na sua presença. É importante saber lidar com essa diferença e ficar mais aberto para os momentos, deixando as dependências eletrônicas de lado visando um bom relacionamento com todos que estão ao nosso redor.

amigos smartphone

Conversas com poucos significados.

Outra consequência negativa das tecnologias nas amizades e nos relacionamentos em geral é que aos poucos começamos a evitar conversas mais intimas e com maiores significados, fazendo com que essas tecnologias e os conteúdos vistos nas redes sociais tornem-se quase que constantemente os únicos assuntos que conversamos com nossos amigos, ou com os poucos que mantemos contato.

Isto pode ser reflexo também pelo tempo que algumas pessoas passam em frente a esses meios, consumindo seus conteúdos. Sem buscar novas informações e/ou outros meios de adquirir essas informações, as pessoas acabam ficando alienadas aos conteúdos vistos na internet, por exemplo. É claro que nem sempre isso é negativo, levando em conta a quantidade de bons conteúdos que podemos encontrar. Mas infelizmente, na maioria dos casos, encontramos conteúdos rasos e que pouco nos agregam conhecimentos verdadeiros, sendo estes os principais tópicos de nossas conversas.

Desinteresse pelos amigos de seu convívio.

Uma liberdade que a tecnologia e as redes sociais nos proporcionam é podermos ser mais seletivos na questão de escolhas de amigos. Principalmente por podermos encontrar muitos amigos com interesses em comum pela internet. O que para muitas pessoas pode acabar substituindo outros amigos que costumávamos a conviver. Por encontrarem pessoas que tenham maior afinidade pela internet, algumas pessoas podem começar a perder o interesse por seus amigos reais (contrapondo os amigos virtuais), desta forma o desinteresse começa a tornar-se mútuo, fazendo com que muitas amizades acabem.

amigos-facebookA amizade e as redes sociais.

Como já foi comentado, a possibilidade de encontrar novas amizades através das redes sociais, com pessoas que possamos ter maiores afinidades são muito grandes. Mas outro problema que as mesmas podem acarretar em um relacionamento de amizade, é que este seja verdadeiro apenas através das próprias redes sociais, não funcionando fora delas.

Podemos perceber isso através de relatos de pessoas que afirmaram crer que os seus amigos virtuais eram diferentes na internet do que são na vida real. Isso ocorre pois na internet fica mais fácil passarmos para os outros apenas o que desejamos que eles saibam sobre nós mesmos, apenas as informações positivas para agradar e fazer uma amizade virtual funcionar. Mas quando trata-se de convivência, algumas características começam a aparecer, que podem fazer com que a amizade não perdure.

Outro aspecto que influencia nessa questão é que nós vemos o outro, nas redes sociais, a partir daquilo que imaginamos que ele seja. Fazemos isso também nas amizades convencionais, mas nas amizades virtuais isso fica muito mais fácil de ocorrer, podendo fazer com que posteriormente nos frustremos com o amigo virtual, pois ele não superar as expectativas que foram criadas sobre ele.

O Distanciamento.

Esse distanciamento ocorre tanto em amizades de nosso convívio quanto em amizades virtuais. Em certo ponto o distanciamento nas amizades é completamente comum. Tendo aquelas amizades onde esse distanciamento ocorre, mas quando voltamos a conversar percebemos que nada mudou, enquanto em outros casos a amizade realmente não fica mais como já foi um dia. E isto está tudo bem.

O problema ocorre quando as redes socais e a tecnologia, que em teoria serve para aproximar as pessoas, começa a fazer com que elas se distanciem uma das outras, sendo o motivo de separações e brigas entre os amigos. Um dos principais motivos disso ainda é a crença de que o que fazemos na internet não tem tanta relevância quanto o que fazemos fora dela. O que pode não ser completamente verdade.

Devemos levar em consideração que não existem somente malefícios na relação entre as amizades e a tecnologia, existem também os benefícios que devem ser levados em consideração. O levantamento dessa lista serve para que possamos refletir e ficar atentos a como estamos lidando com as nossas amizades e com todos que estão ao nosso redor, assim com devemos refletir acerca do nossos comportamentos frente a tecnologia e principalmente às redes sociais.


Leonardo Luchetta544 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

amigos

Como se tornar um amigo melhor

casal-namorados

Por que elas não querem namorar?

girl-on-smartphone

Ela sorriu com uma mensagem

casal-brigando

1 Comentário

  • JG Reply

    16 de maio de 2018 at 20:02

    mt boa a matéria

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register