Por que os homens não são mais “HOMENS”?

homem-de-verdade

Houve um tempo quando os Homens eram Homens de Verdade. Vestiam-se e falavam com estilo, e tinham um código de honra elegante para lidar uns com os outros, com idosos, com crianças e mulheres.

Infelizmente, estes dias se perderam, são parte de um passado distante. E o que temos agora são… para ser bem honesto, eu nem sei bem o que temos agora…

É lógico que ainda existem alguns poucos que mantém seus valores em ordem, mas este número diminui a cada dia. De resto, somos obrigados a conviver com meninos que se recusam a crescer e tomar jeito de Homens. Meninos que preferem brinquedos ao invés de fazer parte da sociedade produtiva. Sombras que ocupam corpos que parecem adultos, não obstante glorificando-se de suas mentalidades e aparências de crianças mimadas.

Tudo tem a ver com o Caráter. Ou, neste caso, a FALTA de caráter. Alguma coisa estranha aconteceu durante esta “Era da Informação”, enquanto as plataformas de mídia social iam eliminando boa parte da interação cara a cara. Este advento foi ótimo em muitos aspectos. Permitiu manter contato com pessoas da família e vários amigos espalhados pelo mundo afora, a partir de um pequeno equipamento na palma da sua mão. Entretanto, o relacionamento interpessoal está indo excessivamente pelo caminho “online”.

Homem celular

Parece não haver mais um sentimento de necessidade para encontros pessoais para discutir diferenças. A Internet virou esse escudo onde crianças-adultas se protegem entrincheiradas em endereços de IP e de lá cospem suas verdades mais obscuras. A Web serve como músculos artificiais, fazendo estas crianças acreditarem que são mais fortes do que são – e mais agressivas.

Nada contra a agressividade quando as circunstâncias assim exigem. Pessoalmente, quando meu reflexo de luta-ou-fuga é ativado, eu quase sempre opto pela luta. Não é bem uma escolha: penso que é mais do modo como meu organismo foi programado. Online, as pessoas não precisam correr ou fugir, pois elas já estão escondidas. Então escolhem a “luta” – mas a luta que elas empregam é tão significativa quando uma partida de Call of Duty.

A mesma interação camuflada pode ser vista quando observamos a intercomunicação entre homens e mulheres. Não é segredo algum que ambos gêneros possuem suas urgências sexuais, mas os homens possuem urgências mais intensas e frequentes. Então, ao invés de investirem seu tempo conhecendo mulheres reais e tendo sexo real, eles resolvem o problema da intensidade e da frequência assistindo vídeos pornôs.

Ao invés de saírem de suas poltronas e irem para o mundo real encontrar mulheres de verdade, eles as perseguem no Instagram. E marcam encontros online também. É muito mais fácil conversar com uma mulher via internet que pessoalmente: o monitor serve de esconderijo para suas inseguranças. Esses homens se tornaram franguinhas preguiçosas.

homem-smartphone

A Geração Y – fruto da Era da Informação – é esta geração da satisfação instantânea. Eles querem o que querem no exato momento em que descobrem o que querem, e simplesmente não suportam a ideia de investir uma das coisas mais importantes da vida: o tempo de espera. Ter de esperar ou ter que lidar com suas urgências e desejos sem satisfazê-los instantaneamente é o que constrói o caráter. Mas isto anda muito em falta nessa era de “passos rápidos e prazeres efêmeros”.

Se você quer comida, basta pedir online e ela será entregue na sua porta. Se você quer ouvir sua música favorita, basta procurar no Youtube ou no iTunes. Se você quer assistir um filme, baixe via torrent ou fuce no Netflix. Se você quer sexo, masturbe-se. Se você quer curtir numa boa, beba e drogue-se à vontade. Vivemos nesta crença de que, fazendo tudo com maior rapidez, teremos uma vida mais plena – e que isto nos deixará mais felizes. Mas isto não está acontecendo. A maioria das pessoas não está mais feliz. Elas fazem mais, mas experimentam menos. Nunca estão presentes ali, naquele momento, porque estão sempre tentando não cair no tédio e planejando que farão a seguir.

O Caráter quase sempre é construído nos intervalos entre as atividades, durante os momentos de solitude e reflexão. Os Homens não sentem mais necessidade de dar uma pausa e refletir porque as opções para qualquer coisa que desejem está a apenas 1 clique de distância. As opções são infinitas e o desapontamento nunca é verdadeiramente sentido.

Não percebemos mais que estamos perdendo alguma coisa porque nada mais tem tanta importância. Aquela gata nunca respondeu à sua mensagem? Tenho certeza que você tem um sem número de outras mulheres entre seus contatos que você também adoraria comer pelo menos uma vez, então para quê perder tempo? Chute o balde, mande a gata para o inferno e vá para a próxima de sua lista de mulheres-mercadorias intercambiáveis.

Apesar desse mercado de consumo sexual, eu acredito que a maioria dos homens, lá no fundo, espera um dia apaixonar-se e curtir a vida ao lado de sua “alma gêmea” – mas você não conseguirá isto se não mudar o modo como você pensa e vive.

homem-refletindo

Manter-se focado na autossatisfação permanente não lhe levará a lugar algum além de uma coleção de relacionamentos terminados. Para encontrar sua alma gêmea, você deverá estender a preocupação sobre sentimentos, necessidades e ideias a ela também, e não considerar apenas a possibilidade de corpo e sexo que ela representa. Existe um código de honra nesta conduta, será que alguém ainda se lembra disso?

Como qualquer pessoa pode dizer-se Homem quando a última vez em que confrontou outro homem foi antes da puberdade? Se você não tem jogo de cintura para chegar pessoalmente em uma mulher em uma balada e entabular uma conversa inteligente e interessante com ela, fazendo-a sentir-se respeitada e confortável, então saia da frente pois um Homem de verdade irá fazer isso.

A merda é que as mulheres estão ficando acostumadas a estes meninos e acreditando que estes frangos são tudo que restou do nosso sexo. Algumas excelentes fêmeas aceitam permanecer ao lado destes imbecis – por falta de opções – e então têm que posar de macho da casa, pois seus maridos (que deveriam fazer o papel de Homens) estão passando por algum tipo de tensão menstrual ou com depressão pré-menopausa.

Tudo que posso esperar é que a lei da seleção natural cuide de fazer desaparecer essa raça de pseudo-homens fracos e sem caráter. Até lá, digo: Senhoras e Senhoritas, os homens de verdade existem. Somos muitos, somos sobreviventes, e estaremos por aqui por algum tempo ainda. Venham nos achar.

mentalmenteforte

Colaboração: Alessandro Loila.


Tudo Para Homens597 Posts

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register