O poder das histórias

forrest-gump

Uma pessoa média ouve cerca de 100.000 palavras diariamente – um volume absurdo de informação e ensinamentos. Contudo, 80% do que aprendemos é deletado da memória em 24h. Qual a chance de sua mensagem ser ouvida e guardada?

Se você é daqueles super modestos que falam pouco e observam muito, a possibilidade das ideias que você compartilha surtirem efeito é praticamente zero. Elas serão esquecidas tão rápido quanto foram enunciadas. Mas se você souber como falar abertamente sobre suas conquistas e planos, então suas chances voltam a aumentar, e as pessoas se recordarão de você e serão influenciadas por suas propostas.

A noção de autopromoção é de torcer o nariz. Ela soa imediatamente como algo arrogante e presunçoso, antipático, prepotente. Mas a propaganda ainda é a alma do negócio – e se o “negócio” tem a ver com sua evolução e prosperidade, então você não pode abrir mão dela. O segredo é fazer isso utilizando o método correto.

Qual o método correto? Contando histórias. Grandes histórias tornam a vida mais interessante, e ser excessivamente modesto pode lhe custar excelentes oportunidades. Além disso, suas histórias são capazes de contar boas verdades sobre você – e boas verdades são tudo que precisamos para nos conectarmos uns aos outros, fazer amizades genuínas e aprofundar vínculos.

homens conversando

Dez maneiras de contar suas histórias sem parecer pedante

Aqui vai o pulo do gato: é essencial que você torne o relato de suas experiências agradável e divertidas, sem apelar para a arrogância. Isso pode ser obtido por meio de 10 técnicas. Utilize-as isoladamente ou faça uma combinação dinâmica delas:

1. MOSTRE DESLUMBRAMENTO.

As coisas importantes que lhe aconteceram e resultaram em aprendizado produziram no final um sentimento de extraordinário, de deslumbramento. Certifique-se de que este sentimento está inserido no modo como você conta o ocorrido.

2. MOSTRE GRATIDÃO PELO SEU SUCESSO.

Você fez uma viagem maravilhosa graças aos frutos do seu trabalho? Mostre as fotos no seu celular, conte a história e transmita honestamente aos ouvintes sua gratidão pela oportunidade.

3. DEPRECIE-SE.

Uma ocasião, quando ainda era novo e com cabelos, levei uma linda namorada para conhecer algumas falésias no litoral sul do Espírito Santo. Me sentia o máximo, carregando minha garota para um programa de aventura em um lugar que desconhecíamos e que era famoso pela beleza natural. Sempre gostei de praias, passeios inusitados e lugares desertos, e aquele parecia ser o tour ideal para mostrar a ela todo meu espírito selvagem.

No auge do ímpeto desbravador, tentando acessar uma parte mais remota do lugar, entrei com meu “potente” Uno 1.0 em um trecho de areia e o bendito atolou quase até o teto. Então, ao cair da tarde, enquanto ela assistia ao pôr do sol, eu recolhia pedaços de madeira pela praia e escavava praguejando sob os pneus para me livrar da enrascada. Levei até à noite para tirar o carro do atoleiro e o passeio foi pelas cucuias.

Conclusão: coloque uma pitada de m*rda em sua conquista. Funciona sempre.

4. NÃO SEJA FANFARRÃO.

O sujeito chega e diz:

“Quando cheguei do meeting em São Paulo, achei que teria o fim de semana para descansar, mas mal coloquei a mala dentro de casa, o gerente da empresa ligou avisando que teria uma reunião no dia seguinte em Florianópolis… #malasprontas #partiucostaodosantinho”.

O fanfarrão é assim. Ele comenta uma linha sobre sua vida e nessa linha vem camuflado um caminhão de ostentação. Esse tipo de comportamento vem se tornando cada vez mais popular nas redes sociais. Twitter e Facebook estão cheios de exemplos de fanfarronice.

Nada contra você compartilhar suas conquistas, desde que faça isso de modo aberto e franco. Não camufle sua presunção com falsa modéstia: isso tira todo o brilho da história. Ao invés de fazer isso, prefira empregar a técnica 1 ou 2 descrita acima.

5. ARRUME UM PARCEIRO DE HISTÓRIA.

Leve um amigo e combine com ele que vocês irão oferecer “suporte” um para a história do outro. Ele poderá fazer comentários no seu relato depreciando você e vice-versa. As pessoas ao redor ficarão muito mais à vontade quando ouvirem alguém sacaneando seu relato “extraordinário”.

6. NÃO FUJA DE SUAS CONQUISTAS.

Se você fez algo fora de série, para quê se esconder dos méritos? Não se esforce para evitar o assunto. Passou no vestibular para uma boa faculdade? Escreveu um livro? Abriu uma empresa? Vai viajar dois anos para um doutorado no Canadá? A conquista é SUA. Celebre-a comentando com seus amigos e colegas!

7. USE HUMOR.

Assim como a autodepreciação (técnica 3), o humor é uma excelente ferramenta para tornar sua história memorável sem parecer pedante. Um comentário inesperado e criativo realça suas ideias e torna você alguém diferente da manada.

8. SEJA BREVE.

Quer contar sua aventura com todos os infinitos pormenores? Abra um blog ou escreva um livro. Seu relato deve ser simples, interessante e nunca looooooooooooongo demais.

9. SEJA PESSOAL.

Você está contando uma história ou imitando um robô lendo um slide do Power Point? Ainda que você tenha uma carreira de fama e sucesso, cheia de superações motivacionais, algumas vezes a coisa mais memorável a seu respeito – e que fará sua história permanecer guardada para sempre na lembrança das pessoas – será uma pitada de intimidade.

10. NÃO CONTE TUDO DE UMA VEZ.

Lembre-se da técnica 8. Conte o suficiente, mas nunca 100%.

Tudo bem, existe o risco de deixar de lado tópicos interessantes da sua vida, mas não faz mal. Ao invés de enfastiadas, as pessoas ao seu redor ficarão curiosas e acharão você uma pessoa afável e intrigante – e isso é sensacional.

Colaboração: Alessandro Loila.


Tudo Para Homens638 Posts

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

1 Comentário

  • Ricardo Bispo santos Reply

    16 de outubro de 2016 at 12:51

    alguém já viu alguém dizer que tem homorroidas eu nunca ouvi e muita gente tem , um ditado popular quem fala demais dá bom dia a cavalo.

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register