Dicas para deixar de ser tão esquecido

esquecido

Você é daquelas pessoas que sempre esquece tudo? Perde a chave do carro, o celular, esquece de levar a carteira e não se lembra de alguns compromissos? Então vou te ajudar a amenizar alguns desses problemas.

Primeiro você precisa saber que isso não necessariamente é um problema de memória ou atenção. Geralmente, pessoas esquecidas são apenas distraídas ou estão com a atenção em outro lugar, fazendo com que se esqueçam de acontecimentos recentes (como onde deixou a chave que acabou de guardar).

Para diminuir ou parar de esquecer as coisas com tanta frequência, é preciso tomar algumas precauções. É justamente sobre essas precauções que vou falar.

Guarde a coisas em lugares fixos.

A primeira dica serve para que você pare de perder a chave do carro e objetos do dia a dia.

Se você já está cansado de ficar procurando as coisas sem saber onde as colocou, a dica é ter um lugar fixo para guardá-las sempre. Destina-se um local para deixar a chave do carro. Sempre que você chegar em casa você deve colocar a chave nesse local destinado (uma caixa ou um porta chaves mesmo).

É importante que você desenvolva essa disciplina (para transformar em uma rotina). Assim você nunca mais vai perder a chave ou qualquer outro objeto importante.

É mais fácil lembrar onde colocar a chave quando você chega em casa do que lembrar onde você a colocou da última vez. Essa dica serve para tudo, chave, carteira, documentos e afins.

Evite fazer muitas tarefas ao mesmo tempo.

A falta de atenção é que faz você perder tudo. Se você está preocupado com algo, dificilmente vai lembrar onde largou algum objeto, afinal, a sua concentração está focada na tarefa (que é mais importante do que guardar algo).

Quanto mais tarefas você tiver, menos foco você terá. Por mais que tenhamos a capacidade de mudar o nosso foco de atenção e nos concentrar em múltiplas coisas, a nossa capacidade de concentração diminui quando estamos fazendo muitas coisas ao mesmo tempo.

Por isso, lembre-se de fazer cada coisa de uma vez, assim fica mais fácil lembrar-se do que estava fazendo.

No lugar de guardar a carteira em qualquer lugar enquanto você digita uma mensagem, primeiro guarde a certeira, prestando atenção nisso e depois escreva a sua mensagem.

Evite ficar pensando nas suas responsabilidades futuras.

Outra coisa que também atrapalha a nossa concentração e faz com que não consigamos lembrar das coisas é ficar focado nas nossas tarefas futuras.

Quando você se preocupa e se concentra com o que terá que fazer (e geralmente já se imagina fazendo), você esquece de se concentrar no aqui e agora, sem essa concentração você não registra o que está ocorrendo, por isso acaba não lembrando.

A dica importante é focar no aqui e agora e depois no futuro. Um passo de cada vez.

trabalho-com-foco

Anote tudo que for menos importante.

Muitas pessoas conseguem lembrar das tarefas importantes, o problema está nas “menos importantes”.

Por isso, não deixe tudo para a sua memória, anote tudo o que você precisa saber, principalmente coisas menos importantes que você poderá realizar em outro momento. E claro, mantenha um caderno de anotações (sempre no mesmo local), para não esquecer onde estavam suas anotações.

No momento de guardar algo, pense sobre isso.

Se você não tem a disciplina de guardar as coisas no mesmo local, você pode utilizar uma técnica para lembrar de onde está guardando as coisas.

Como o problema geralmente é a falta de atenção, quando você for guardar algo, pense sobre esse local e repita consigo mesmo onde está guardando. Por exemplo, se você vai deixar a chave em cima da mesa, olhe para a mesa em que você está guardando a chave e pense “estou guardando a chave na mesa”.

Dessa forma é mais fácil que você registre onde guardou as suas chaves.

Outra dica interessante é sempre guardar as coisas juntas, pois se você conseguir lembrar onde guardou a chave, irá encontrar também a carteira e os documentos que você deixou junto da chave.

Portanto, nada de culpar a sua memória! Treine a sua atenção para não se esquecer das coisas. Você não tem problema de memória, apenas está fazendo muitas coisas importantes ao mesmo tempo.

clique e confira!


Leonardo Luchetta549 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register