Crítica: A Forma da Água [Shape of Water]

A-Forma-Da-Agua

Assisti com exclusividade o novo filme da FOX, “A Forma da Água” (Shape of Water), dirigido pelo cineasta Guillermo del Toro. No elenco estão: Sally Hawkins, Michael Shannon, Richard Jenkins, Doug Jones, Michael Stuhlbarg, Octavia Spencer, David Hewlett, Nick Searcy e outros.

Sinopse

Década de 60. Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).

Trailer

Crítica

O filme “A Forma da Água” traz aquele velho esqueleto da garota que se apaixona pela criatura e vai fazer de tudo para salvá-la da inexorável condenação.

Apesar de seguir esse padrão já conhecido, o filme traz uma linguagem bem bacana, tanto de roteiro (pela garota principal ser muda e ter diálogos intensos), quanto fotografia e trilha sonora. Também dou um destaque para a cenografia e figurino, que consegue deixar o filme completamente no clima dos anos 60.

Vale ressaltar que não é um filme infantil, apesar de ter essa dose de romance. O longa têm várias cenas pesadas de tiro, sangue, violência e também de nudez (Sally Hawkins aparece completamente nua algumas vezes).

O filme estreia nos cinemas de todo o país no dia 1 de fevereiro.

Vale a pena conferir!

Nota 4


Guilherme Cury1566 Posts

30 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

1 Comentário

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register