Comprei meu primeiro carro, e agora?

Comprei meu primeiro carro, e agora?

Você realizou um sonho e adquiriu seu primeiro carro. Agora é só diversão? Não é bem assim. O seu automóvel precisa de alguns cuidados importantes para que você possa tirar maior proveito dele e evitar muitas dores de cabeça. Aliás, estas dicas servem também se este já for o seu segundo ou terceiro carro.

Documentação

Os documentos do seu primeiro carro precisam ser renovados anualmente. Mas, no momento da compra, você precisa verificar se a transferência foi feita corretamente. As revendas normalmente orientam os clientes na hora da transação e possuem despachantes de plantão para providenciar os documentos de transferência.

Ao comprar o carro, você deve receber junto com ele o CRVL (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) e o CRV (Certificado de Registro Veículo) já em seu nome. O primeiro serve para utilizar no dia a dia e comprova que seu carro está legalizado. É o documento que o policial exige no caso de uma blitz, por exemplo. O segundo serve para que seu carro seja transferido para o próximo proprietário, quando você decidir vendê-lo. Ele deve ficar guardado em casa, com segurança.

Manual

Procure ler o manual do seu primeiro carro. Nele constarão informações sobre a calibragem correta dos pneus, a quilometragem correta para revisões e muitas outras coisas que ajudam na vida útil do veículo. Também no guia você pode conferir todas as opções que seu carro dispõe, onde fica cada coisa e etc. Num momento de aperto, isso ajuda bastante.

Se você comprou um carro zero, o manual já vem de fábrica. Agora, se você comprou um veículo usado, talvez ele não possua mais guia. Nestes casos, vale a pena procurar um manual na internet. A leitura é um pouco maçante, mas vai valer a pena, principalmente se este for seu primeiro carro.

Manutenções preventivas

São fundamentais para aumentar a vida útil de seu carro. Elas precisam ser feitas regularmente, conforme as orientações do fabricante, mesmo que não haja nenhum problema aparente.

As manutenções preventivas evitam maiores desgastes nos componentes do carro, logo, aumentam sua vida útil. Ou seja, fazendo manutenções regularmente, irá demorar mais para precisar trocar alguma peça. Além do mais, com o carro devidamente regulado, ele economiza mais combustível.

Se o automóvel for usado, exija da revenda uma revisão antes da entrega. Depois que você pegar o carro, leve-o em uma oficina e solicite um orçamento de revisão por sua conta. Nem sempre a revenda de usados faz uma checagem completa. Se você tiver um orçamento em mãos, poderá exigir seus direitos.

Garantia

Se o seu primeiro carro for zero quilômetro, saiba que a garantia mínima, normalmente, é de um ano. Porém, manutenções precisam ser feitas sempre nas oficinas autorizadas do fabricante, mesmo que você tenha um mecânico de sua confiança. Se um profissional não autorizado mexer em seu carro, a garantia de fábrica é perdida automaticamente.

No caso dos carros usados, a garantia é de três meses após a data da compra. E, para utilizá-la, você deve solicitar a garantia diretamente na loja onde comprou. Por isso, é importante conhecer bem a reputação da revenda antes de adquirir o carro.

Aproveite com responsabilidade

Nunca se esqueça de que, nas mãos erradas, um carro pode se tornar uma arma. Cuide bem de seu veículo e dirija com responsabilidade.


Tudo Para Homens633 Posts

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register