Como se tornar uma pessoa mais gentil

cavalheirismo

Gentileza é uma característica dos fortes. Ser gentil com os outros, mesmo quando estamos passando por dificuldades (ou não), não é uma tarefa fácil para ninguém, principalmente para nós homens.

Levando em consideração os benefícios da gentileza, que já foram citados por aqui, talvez seja interessante tornar-se um homem mais gentil. Para isso teremos que nos esforçar e seguir algumas dicas.

Gentileza é educação

Um homem gentil é, consequentemente, um homem educado com as outras pessoas. Isso significa que para ser visto como gentil pelos outros, você precisa utilizar de palavras como o “obrigado” e o “por favor”, tratando os outros com mais respeito.

Dessa forma, além de parecer mais gentil, você passa a ser mais respeitado também.

gentileza-gera-gentileza

Gentileza significa ajudar os outros.

Nem sempre é fácil ajudar os outros, mas em alguns casos isso é muito importante para que se sinta bem consigo mesmo e se torne uma pessoa mais gentil.

Isso não significa que você deve ajudar todos a todo momento, mas significa que você deve estar aberto a ajudar o outro quando ele realmente precisar.

Para entendermos o que realmente significa ajudar o outro, é necessário refletir sobre a ajuda verdadeira.

Você precisa se comportar melhor.

A gentileza envolve diretamente um comportamento adequado para todas as ocasiões. Isso significa que você precisa sempre manter a postura e se comportar da melhor maneira possível em várias ocasiões.

Ou seja, você precisa se esforçar para se tornar uma pessoa gentil.

Mas isso não é algo negativo. Quando nos esforçamos para fazer algo, além de termos benefícios com os nossos esforços, nós também modificamos hábitos antigos, que não necessariamente estavam nos fazendo bem.

gentileza-taxi

Ser gentil é se esforçar sempre.

Quando desejamos ser gentis com o outro, independente de quem ele seja, significa que temos que nos esforçar todo tempo para fazer coisas que não estamos acostumados a fazer, ou coisas que jamais faríamos.

Por exemplo, levantar para uma mulher grávida sentar no seu lugar, ajudar uma pessoa que está carregando algo pesado, abrir a porta do carro para sua parceira, acordar mais cedo e fazer o café da manhã para sua família, levar a sua filha para a escola mesmo quando ela já pode ir a pé ou a sua esposa para o trabalho para que ela não tenha que andar, parar na faixa de pedestre para alguém atravessar, dar passagem para outros carros… São todos atos de gentileza.

E o nosso país está precisando (e muito) de pessoas mais gentis.

São coisas que você não necessariamente precisa fazer, mas que te tornam um homem gentil quando você o faz. Melhorando a sua vida e a vida do outro.

Ser gentil é ser civilizado.

Nós não estamos muito acostumados com atos de gentileza, pois não vivemos em um ambiente onde isso é propagado. Nós não damos importância para a gentileza.

Mas na verdade, a gentileza é um dos itens que nos torna civilizados. Mas esse é o grande problema, ultimamente não temos visto muitos atos de civilidade.

Essa mudança começa conosco, afinal, a nossa ação influencia as ações do outro. Portanto, se desejamos mais gentileza e civilidade no futuro, devemos cultivar essas características hoje.

Britânico se veste de Homem-Aranha e sai pelas ruas alimentando pesoas desabrigadas

Portanto, ser gentil é pensar no outro.

Os atos de gentileza são feitos para algo ou para alguém. Ser gentil sempre irá remeter ao outro. Nesse caso, deveremos ser gentis com o outro para sermos vistos como gentis e receber os benefícios da gentileza.

Para que isso seja possível, você precisa pensar no outro e principalmente ter empatia com ele. Dessa forma, você se coloca no lugar dele e se pergunta o que poderia fazer para que ele tenha um dia mais significativo e mais fácil, ou seja, para que a relação de vocês seja mais verdadeira e amistosa.

Então, sempre que você puder, lembre-se de pensar no outro e em como você pode fazer para que as coisas fiquem mais fáceis para ele. Com certeza, algumas coisas vão ficar mais fáceis para você também.

Quanto mais nos esforçarmos em sermos gentis, demonstrando para a outra pessoa essa gentileza, mais vezes iremos perceber atos de gentileza por aí, melhorando o nosso convívio e modificando o mundo.


Leonardo Luchetta545 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

1 Comentário

  • Adelson panacho Reply

    16 de fevereiro de 2018 at 19:39

    A gentileza se resume em amar ao próximo, amar a si mesmo, amar a vida que lhe foi dada

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register