Como lidar com o Luto

luto

Lidar com a perda nunca é fácil, principalmente para nós homens.

O luto está relacionado às perdas no geral, mas conhecemos esse tema mais relacionado com a perda por morte. Por isso, vamos falar desse tipo de luto hoje (da perda por morte de alguém que temos sentimentos profundos).

Elaboramos algumas estratégias para te ajudar a lidar com o luto. Uma delas é compreender o próprio luto, que é muito importante.

Saiba o que é o Luto.

O luto é um conjunto de sentimentos que fazem parte da perda. Ele é um processo. Existem estágios nesse processo que precisamos lidar para passar por ele e voltarmos a ter uma vida mais saudável e reorganizada.

Os estágios do luto são:

Negação: Quando a pessoa não aceita o que ocorreu, que não acredita que isso está ocorrendo com ela, que acha que tudo não passou de uma brincadeira.
Raiva: Quando a pessoa se dá conta do que está ocorrendo. Fica bravo por ter acontecido e tenta procurar culpados (ele mesmo ou outras pessoas).
Barganha: Esse é o momento da troca. Quando a pessoa tenta negociar (as vezes com Deus, as vezes consigo mesmo), fazendo promessas que se parar de sentir dor, irá fazer algo (promete mudar).
Depressão: Esse é o estágio da tristeza profunda, da dor. É quando a pessoa se volta para si, se interioriza e sofre com o acontecimento.
Aceitação/Reorganização: Esse é o momento em que a pessoa começa a lidar melhor com o acontecimento e planeja a vida sabendo lidar com o que ocorreu, focando no futuro.

Conhecer esses estágios é fundamental para auxiliar na forma como lidamos com o luto. Isso nos leva ao próximo tópico.

Identifique o estágio que você está no Luto.

Agora que sabemos quais são os estágio do luto, precisamos identificar em quais deles nos encontramos. Isso irá nos ajudar a compreender melhor a situação e saber como estamos agindo.

É interessante saber que os estágios não ocorrem em sequência. E não são todos os estágios que ocorrem. Os enlutados geralmente passam por dois ou mais estágios.

Identificando o estágio você passa a entender o que você está fazendo para lidar com o momento, ficando mais fácil chegar até a aceitação.

depressao

Vivencie a sua dor.

O caminho para chegar até a aceitação passa necessariamente pela dor. Esse é um período de sofrimento e não temos como fugir disso.

Para conseguir se reorganizar e aceitar o que ocorreu você precisa vivenciar a sua perda, vivenciar a dor, rememorar o passado e sofrer pela falta. Esse sofrimento será fundamental para você se recuperar no futuro e, principalmente, não sofrer tanto.

O sofrimento pode continuar com o tempo, mas ele precisa ser amenizado. Por isso é importante sofrer agora, para vivenciar o luto de uma forma mais saudável.

OBS: Nesse momento você está AUTORIZADO a chorar, pois o choro faz parte da dor e nos ajuda a lidar com ela (usando a emoção).

johnny-depp-chorando

Converse sobre a sua dor.

Essa é a parte mais difícil para nós homens. Mas é interessante conversar sobre a sua dor.

A conversa auxilia para amenizar a dor e nos faz pensar nos acontecimentos de forma diferente. Converse sobre a pessoa que você perdeu, conte histórias, rememore acontecimentos, tudo isso faz parte do processo.

O interessante é ter alguém para conversar, alguém para te ouvir. Você não necessariamente precisa de conselhos ou alguém que fique te dizendo que tudo vai ficar bem. Você precisa apenas conversar.

conversando-amigo-bravo

Chegando à aceitação.

A aceitação e a reorganização da sua vida vêm com o tempo. Não há como dizer quanto tempo isso irá demorar ou quanto você irá sofrer.

Algumas pessoas levam mais tempo, outras menos. Isso depende de cada um.

Mas saiba que a aceitação do acontecimento é o estágio final para lidar com tudo o que aconteceu.

É interessante não fugir da sua dor e tentar passar por esse processo da forma mais saudável possível, lembrando que as perdas fazem parte da vida e precisamos lidar com elas, aprendendo a lidar com o nosso sofrimento.

Em alguns casos, é interessante buscar auxilio de um psicólogo. Não porque você tem algum problema, mas porque ele será capaz de te ouvir e te ajudar a passar por esse momento e ele NUNCA irá te julgar ou te dar conselho, ele irá apenas criar um ambiente ideal para você reconhecer os estágios e lidar, a sua maneira, com a sua própria dor.

clique e confira!


Leonardo Luchetta548 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register