Clique e saiba mais!


Categorias: Comportamento

5 dicas para você entender seus próprios sentimentos e emoções

Para entender os seus próprios sentimentos, é preciso primeiro saber a diferença ente sentimento e emoção. As emoções são muito diferentes dos sentimentos. Atualmente existe um consenso entre os estudiosos que afirmam que existem pelos menos 7 tipos básicos de emoções, encontrados em todas as civilizações do mundo: felicidade, tristeza, raiva, desprezo, nojo, susto e medo. Elas são facilmente reconhecidas nas feições humanas.

Podemos dizer que as emoções são estados mentais que resultam de mudanças no organismo em função de mudanças do ambiente. Elas direcionam nosso comportamento para nos adaptarmos a determinado ambiente. Já os sentimentos podem ser vistos como uma “evolução” das emoções. Eles interagem entre si, pois o sentimento se origina das emoções. O sentimento portanto é a forma como percebemos e interpretamos subjetivamente o que aconteceu conosco quando sentimos uma emoção. Sendo o sentimento mais consciente que a própria emoção.

Dito isto, vamos às dicas para facilitar o entendimento de suas emoções e sentimentos.

Pense no que está acontecendo em sua vida.

Uma emoção negativa gera um sentimento negativo, o mesmo ocorre com as emoções positivas. Desta forma, para entender um sentimento é preciso pensar nas situações que você está vivenciando nesse momento, em sua vida. Existe uma discussão entre os estudiosos, onde uns afirmam que primeiro sentimos e depois pensamos e outros afirmam que primeiro pensamos e depois sentimentos. Mas antes de sentirmos ou pensarmos, existe um acontecimento. É preciso então pensar sobre o acontecimento prévio ao surgimento dos pensamentos ou sentimentos, que pode ter sido o eliciador destes seus sentimentos.

A frase “eu não sei o que estou sentindo” é muito comum em pessoas que não pensam sobre os próprios sentimentos. Pensar sobre o momento atual da vida e dos acontecimentos, é então perceber que tipo de emoções e sentimentos estão aparecendo com maior frequência em você. Reflita sobre o momento atual de sua vida e seus acontecimentos, tentando compreender quais sentimentos são mais prováveis de surgir nestas situações.

Entenda o que é este sentimento.

Ao compreender os prováveis sentimentos consequentes dos acontecimentos de sua vida, é preciso também compreender o que são estes sentimentos, em que este sentimento poderá te ajudar, ou poderá lhe atrapalhar no momento atual de sua vida. Geralmente precisamos buscar ajuda quando temos um sentimento negativo tão forte que está nos impedindo de realizar as atividades cotidianas das quais estamos acostumados a realizar. Tornando uma coisa que antes era simples de fazer, em algo completamente difícil. Lembrando que estes sentimentos são consequências de emoções também negativas, que podem não ter uma explicação tão aparente.

Perceba a frequência dos seus sentimentos.

Se no dia a dia você costuma sentir-se mais desanimado com as tarefas que você precisa realizar, do que contente ou satisfeito, pode significar então que suas emoções negativas estão mais afloradas neste momento de sua vida, por alguma razão que somente você saberá responder. O mesmo ocorre para as emoções positivas. Portanto perceber a frequência dos sentimentos positivos e negativos no dia a dia nos faz entender quais emoções estão mais afloradas em nós.

Entenda o motivo destas emoções.

Agora que você percebeu qual emoção esta mais presente em você, é preciso tentar entender o motivo real desta emoção. Muitas vezes o motivo está pré-consciente, ou seja, é algo que já nos incomodou muito, que não resolvemos. Não pensamos tanto neste algo agora, e até acreditamos que não é mais um problema para nós, quando na verdade ele está por trás de todas essas emoções e sentimentos negativos, justamente por ser um problema não resolvido. Este motivo somente você irá conseguir descobrir, refletindo sobre sua vida, lembrando dos momentos que contribuíram para o surgimento destes sentimentos. É interessante também tentar rememorar a primeira vez que você sentiu este sentimento que não está conseguindo decifrar.

É preciso agir.

Agora que já foi refletido sobre a real causa do sentimento, é preciso agir. Às vezes, somente o tonar consciente estas questões, já faz com que resolvamos estes conflitos internos. Porém, pode se fazer necessário também agir para resolver o problema, quando é algo que ainda possa ser resolvido através de mudanças comportamentais. É preciso encontrar formas para resolver estas questões. Sejam maneiras comportamentais, das quais você precisa agir para resolve-las, ou maneiras cognitivas, das quais você precisa treinar seus pensamentos para que as questões, em particular, não se tornem mais um incomodo.

Entender as próprias emoções e sentimentos é um exercício que precisa ser praticado e aprimorado. Necessitando as vezes de um auxílio externo. Este exercício se faz necessário para que consigamos viver mais satisfeitos conosco e com nossa própria realidade.

Leonardo Luchetta

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

Novos Posts

  • Comportamento

5 Erros que você deve evitar no primeiro encontro

Conheça cinco erros que você deve evitar cometer no seu primeiro encontro com a gata.

% dias atrás
  • Mulheres

Bom dia, Andela! [+18]

Nesse ensaio você vai saber como é acordar ao lado da bela Andela.

% dias atrás
  • Comportamento
  • Tecnologia

O que os brasileiros mais pesquisaram no Google em 2019

Saiba quais foram as principais pesquisas dos brasileiros no Google nesse ano.

% dias atrás
  • Comportamento

Dicas de como negociar o salário no primeiro emprego

Descubra algumas dicas que podem te ajudar muito no momento de negociar o seu salário, principalmente no seu primeiro emprego.

% dias atrás
  • Bebida
  • Cinema & Séries
  • Entretenimento

Coca-Cola lança embalagem com sabre que ilumina para celebrar o novo filme de Star Wars

Confira essa embalagem especial de Coca Zero que ilumina os sabres de luz, para celebrar o lançamento do novo filme.

% dias atrás
  • Comportamento
  • Mulheres

Conto Erótico: O Fruto Proibido [Parte 1]

Caroline se interessou pelo Fruto Proibido e pelo Dr. Alexandre...

% dias atrás