Viajei para Amparo de Harley-Davidson Road King Special

Harley-Davidson-Road-King-Special

Tchau Sampa!

À 153 m da Capital de São Paulo, a Cidade de Amparo foi a escolhida para passar um fim de semana bem bacana. Amparo é conhecida pela sua beleza natural, a cidade que preserva seu patrimônio arquitetônico e histórico é também considerada a Capital Histórica do Circuitos das águas.

Para chegar a Amparo, parti cedo de “Sampa”, super bem acompanhada da Harley-Davidson Road King Special. Segui pela Rodovia dos Bandeirantes até a saída 59, sentido a cidade de Itatiba. Antes de pegar a estrada de Morungaba, parei no Art Café, para um cafezinho, e um bate papo com novos amigos motociclistas, afinal, este “Point” é ponto de encontro dos apaixonados por duas rodas.

A estradinha é deliciosa para quem curte curvas sinuosas, mas exige cuidado e muita atenção. Ela é cobiçada por motociclistas e infelizmente alguns abusam da velocidade por ali.

viagem-Harley-Davidson-Road-King-Special

A paisagem pela estrada é linda, passei por alguns portais de Fazendas da região. Fiquei atenta e segui a estrada tranquilamente. Logo cheguei a Amparo e antes de ir para o Hotel, já fiz um passeio no centrinho da cidade.

Harley-Davidson-Road-King-Special-eli

Estação Ferroviária

Primeira parada foi na estação ferroviária. Desativada essa estação foi inaugurada em 1875, ligava a Cidade de Jaguariúna a cidade de Socorro. Na época de uso, facilitava o escoamento da produção de café. A estação tem uma bonita arquitetura e faz parte do cartão postal da cidade.

Poucos metros dali, caminhei pela Praça Pádua Salles, onde encontrei a Casa da Cultura e a Pinacoteca Municipal. rodeada de verdes e fontes de água , vale uma paradinha para descansar. Comi um petisco num boteco por ali mesmo observando o movimento comercial de uma sexta-feira.

estacao-amparo

As simpáticas Igrejinhas

Para quem gosta de observar arquiteturas de igrejas como eu, vai adorar as de Amparo, uma mais simpática que a outra, todas estão próximas, situadas no centro.

igreja-amparo

A Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo foi a primeira capela da cidade, erguida em 08 de Abril de 1.817. Outras que visitei : Igreja de São Sebastião e Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Esta foi construída por volta de 1831. Foi a “igrejinha” que mais simpatizei.

igreja-amparo-a-noite

Não posso esquecer que também passei por outra bonita igreja, a Matriz de São Benedito, foi construída em 1885 com ajuda de escravos. Em volta das igrejas e praças, lindos casarões de estilo colonial da época do café ajudam o “cenário” ficar ainda mais bonito.

Depois das voltas nas praças , igrejas , visitei outro ponto turístico da cidade, o Mercado Municipal, com uma bela arquitetura oriental.

eliana-amparo

Repondo as energias

Hospedei-me e um Hotel Fazenda SPA chamado Sant’Anna. Chegando lá uma surpresa, em uma área com 1,5 milhão m² de bosques, o Hotel possui arquitetura clássica do final do século 19 e decorado com muita elegância e objetos antigos. Do centro da Cidade até o Hotel, são quase 2 km de estrada de chão em bom estado, e claro, fui tranquilamente com a Road King.

Sant’Anna-amparo

Anoiteceu, sai para jantar e beber uma cerveja gelada, por isso decidi deixar a moto e chamar um táxi ( se beber não pilote, lembra?), então lá foi eu até o restaurante que me recomendaram, o Casqueiro. Local com uma decoração pitoresca, exposta coleções de caixas de uísque e latas de cerveja. Recomendo a porção Filé Casqueiro (filé ao molho de gorgonzola).

Depois do jantar, caminhei até o Botequim Rosário, muito simpático com mesinhas na rua, fica frente a Igreja do Rosário. Foi ótima pedida para um fim de noite, com música boa e cerveja gelada. Voltei feliz para o Hotel muito satisfeita com meu super dia. Amparo tem um clima delicioso de interior, me fez lembrar aquelas pequenas cidades históricas de Minas Gerais.

Outro dia Show!

Café da manhã dos deuses no hotel, havia a opção light sugerida pelo SPA. Depois da digestão fiz as trilhas que começam ali mesmo do Hotel. A trilha do Mirante e a Trilha da cachoeira.

santanna-hotel-amparo

Fui também conhecer o Sant’anna Golf Clube que pertence ao Hotel. O designer do campo é todo projetado com inspiração da beleza natural da região, um mix de rústico e luxo.

Voando alto

Para voar alto, precisei da moto de novo e parti para aventura, afinal, um dos principais objetivos desta “Trip” foi fazer o voo de parapente em Serra Negra, 17km de distância de Amparo. Além de ser um lugar maravilhoso para voar, é uma boa opção para fugir dos lugares para voar que são clichês e bastante movimentados.

voando-paraglider-amparo

Pra chegar até a rampa de voo, tem um trecho de 1 quilometro de terra em boa condição. O Voo dura de 15 a 25 minutos. La do alto ( 1000 m) é possível ver a cidade de Serra Negra inteira e algumas cidades da região. Foi uma experiência inesquecível!!

eliana-voando

“Nesse momento que a onda bate, que a ‘droga’ faz efeito, que entramos em outra dimensão, ou que o sonho começa… Sei lá, daria pra fazer várias analogias, mas basta tirar os pés do chão e uma das melhores sensações nos toma conta”.

O Orquidário e famoso Bar do Gil

A tarde chegou e precisei começar a arrumação para a volta para São Paulo. Vesti equipamento e desci até o centro de moto com tudo pronto para partir . Para despedir me da cidade fui visitar o Parque Ecológico, onde encontrei riachos e trilhas e o melhor, o orquidário que possui mais de 500.000 vasos e 25.000 de espécies de orquídeas exóticas. Valeu muito a pena a visita. Depois dali, não deixei de seguir até a pequena Arcadas, um distrito de Amparo a uns 12 km do centro. Fica na rodovia que liga Amparo a Pedreira. O que me levou lá foi o famoso e tão falado restaurante Grécio’s Frutos do mar, mais conhecido como Bar do Gil. Não possui nome na fachada, então vale parar e perguntar onde fica o Bar. Com informação de moradores, achei fácil. O restaurante é bem simples e estava lotado, inclusive muitas motos estacionadas na frente.

comidinhas-bar-gil

Para um belisco antes de voltar para minha cidade, provei a casquinha de siri e a de caranguejo. Sem duvida foi uma das casquinhas de siri mais deliciosa que provei. A vontade era de ficar ali, repetir todo roteiro, mas… despedi-me de Arcadas e Amparo e voltei pra Sampa feliz da vida, afinal, foi um fim de semana com gastronomia de primeira, história, descanso, piscina, cachoeira, aventura, dias de sol e moto, claroooo!

Onde comer e beliscar

Art Café – Perfeito lugar para tomar um café antes de encarar a estradinha sinuosa de Morungaba.
Rua Araújo Campos, 818 Morungaba.

Casqueiro Choperia e Restaurante
Rua Comendador Guimarães, 65
(19) 3807-2481

Botequim rosário
Rua Quinze De Novembro , 8, Amparo, SP

Restaurante Grécio’s Frutos do Mar (Bar do Gil)
Rua Alfredo Leopoldino de Campos, 80
Distrito de Arcadas – Município de Amparo/SP
Tels: (019) 3807-1241 ou (019) 3807-1242

Com quem voar?

Danilo
Preço: R$250,00 (Com filmagem GoPro)
Instagram: @danilaovoolivre
Contato: 11-98225-6262

Onde Ficar

Hotel Fazenda SPA Sant’Anna
Endereço: Bairro Córrego Vermelho – CEP 13.900-972 – Caixa Postal 2781 – Amparo – SP
(11) 3509-4252 (19) 3808-7527

Como chegar

Opção 1 – Pela Via Anhangüera: entre após Jundiaí no km 61 em direção Itatiba. Chegando a Itatiba, na segunda rotatória vire à direita e siga sentido Morungaba, passe por Morungaba, seguindo sentido Amparo.
Opção 2 – Pela Rodovia dos Bandeirantes: na saída 59, entre após o Restaurante Lago Azul à direita, sentido Itatiba, siga em frente no trevo de Itatiba, passe por Morungaba, seguindo sentido Amparo.

Eliana-Acelerada

Fotos: Eliana Malizia e Stephan Solon.


Eliana Malizia

Eliana Malizia8 Posts

Piloto de Teste de Motos e Carros, Repórter de Turismo, esporte e aventura. Acompanhe as aventuras dela aqui no TPH!

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register