Clique para conferir!

Categorias: BebidaCultura

A história do Gin

O Gin (ou Gim), tem sua história datada por volta do século XVII. Segundo historiadores, o Gin foi criado quando o médico holandês Franz De Le Boe, com a finalidade de desenvolver uma fórmula barata de diurédico para o tratamento de doenças renais, na faculdade de Leyden, elaborou uma bebida destilada a base zimbro.

O fruto da planta “zimbro”, foi escolhido por possuir efeitos benéficos ao sistema renal.

Sua criação não deu muito certo como remédio diurético, mas passou a ser apreciado por muitos degustadores de destilados (devido ao seu preço acessível e sabor intenso), ficando conhecido como “Gin De Le Boe”.

Durante as Guerras Holandesas, soldados do Exército Britânico conheceram essa bebida aromática, adoraram e acabaram levando algumas garrafas para casa. Com o tempo a bebida começou a ficar popular também na inglaterra. Isso fez começarem algumas fabricações locais, tanto na Holanda quanto na Inglaterra.

No início do século XVIII, com a ameaça dos destilados holandeses e dos vinhos franceses, a Coroa Britânica restringiu as importações, passando a proteger a produção inglesa. Com isso, houve o aumento da produção do Gin Britânico tornando-o o mais famoso do mundo.

Nessa época o “Gin De Le Boe” já tinha virado apenas “Gin” ou “Gim”.

Passando a utilizar uma destilação contínua, os ingleses melhoraram a qualidade final do Gin. A bebida era refinada, para se eliminar aromatizantes fortes e doces, tornando-a mais pura e neutra.

O consumo na Inglaterra cresceu de tal forma (11, 5 litros por habitante por ano) que em 1736, o Parlamento Britânico, preocupado com os efeitos negativos que o alcoolismo gerava à economia do país, decretou o Gin Act. Ficaram estabelecidas severas restrições aos produtores e comerciantes de Gin, rigorosas punições aos contrabandistas e maior vigilância sobre o varejo.

Elaboração do Gin

O Gin é elaborado a partir de bagas de zimbro, misturadas com algumas ervas botânicas e cereais (milho, cevada, centeio, canela, cardamomo e coentro). A base do Gin é principalmente de grãos (normalmente trigo ou centeio) no qual resulta em um destilado de corpo límpido.

Cada produtor de Gin possui sua própria combinação de cereais, grãos e botânicos, o que gera um sabor diferenciado para cada marca.

Na finalização do Gin, quando ele vai ser engarrafado, é adicionado água destilada com o objetivo de reduzir seu teor alcoólico que varia dependendo do fabricante.

E aí, qual é o seu Gin preferido?

Guilherme Cury

30 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

Novos Posts

  • Mulheres

Um bom dia pra quem é apaixonado por bundas!

Uma seleção de fotos para quem é apaixonado por bundas começar o dia bem.

% dias atrás
  • Comportamento

Como facilitar o orgasmo feminino?

Confira algumas dicas para facilitar o orgasmo dela na hora do sexo.

% dias atrás
  • Automobilismo

Drako GTE, um supercarro elétrico de 1.200 cavalos!

Conheça esse supercarro elétrico de 1.200 cavalos e que chega a 330 km/h.

% dias atrás
  • Viagem

10 Castelos que você pode se hospedar pelo mundo

Conheça 10 castelos que permitem que você se hospede e se sinta um Rei!

% dias atrás
  • Comportamento

De pai para filho: 4 lições de como lidar com o dinheiro

Confira algumas dicas que um pai deve dar ao filho sobre como lidar com o dinheiro.

% dias atrás
  • Comportamento

5 erros que você deve evitar ao tentar conquistar uma mulher

Confira cinco erros que você deve evitar ao conhecer uma mulher, para que a conquista realmente aconteça.

% dias atrás