Categorias: Comportamento

O descuido emocional

É difícil acreditar que pessoas conseguem dominar áreas incríveis como a informática, genoma, robótica, mas ainda não aprenderam a gerenciar suas emoções. Fato é que nos esquecemos de cuidar das nossas próprias emoções em meio a agitação frenética do cotidiano. Você é uma daquelas pessoas que sentiu que precisava controlar melhor suas emoções e está aqui a procura disso? Deixe-me te ajudar…

A importância do controle emocional

O controle emocional é de muita importância para quem busca uma carreira bem-sucedida, relações interpessoais saudáveis e etc. Que atire a primeira pedra o homem que nunca passou pelo constrangimento de travar na hora de falar com uma mulher porque foi dominado pela ansiedade. Ou a pessoa que nunca se pegou pensando ou falando coisas sem lógicas movida pelo ciúme doentio.

Uma boa gestão emocional é de extrema necessidade para nos controlarmos nessas situações de insegurança, temores, medos, angústias, ciúme, agonia e etc. Com uma boa gestão somos capazes de ver as situações com mais clareza e agir de forma consciente, sem sermos dominados pelos nossos sentimentos.

Gerenciando as emoções

Para conseguir gerenciar as emoções, primeiro é preciso entender o que causa a dada emoção. Voltando ao exemplo da situação em que um homem trava ao falar com uma mulher, para entender qual é a raiz da emoção, precisamos prestar atenção nos pensamentos que estão fluindo naquele momento. O homem pode estar com medo de ser rejeitado, por isso trava. Ou pode estar com medo do que as pessoas em volta estão pensando com relação a sua atitude, por isso trava. Ou pode estar com medo de travar ao falar com ela, por isso acabou de fato travando. Claro que essa situação foi só um exemplo e existem diversas, como um trauma causado por um constrangimento social.

Mas, continuando, vejamos alguns passos cabíveis:

– As situações das quais estamos falando surgem quando somos bombardeados por pensamentos negativos e, para frear isso, podemos usar a arte da crítica. No momento em que perceber estar sendo invadido pelos pensamentos negativos e sentir as emoções inquietantes, pare por um momento e use sua autocrítica. Faça questionamentos como: “Quais são os fundamentos do meu pânico?” “Por que me entrego”? “Como devo assumir o meu papel de gestor emocional?”

– Sabendo que nossas emoções são advindas dos nossos pensamentos, é essencial tirar um tempo para refletir sobre a qualidade dos nossos pensamentos. Elimine toda e qualquer crença limitante.

– É essencial que você se desprenda dos seus pensamentos por um momento. Para isso, você pode aderir a prática da meditação. Ao longo do tempo perceberá como a quantidade diminuirá e qualidade de seus pensamentos irão melhorar.

– Discorde de suas emoções. Não aceite nenhuma frustração sem filtrá-la, questioná-la. Não aceite nenhum pensamento conflitante sem debatê-lo. Neste campo você deve conquistar sua liberdade. Lute.

Ninguém tem 100% de controle, não se frustre!

Um erro que as pessoas cometem ao se aventurarem no mundo das emoções é acharem que conseguirão dominar 100% todas as emoções e, pior ainda, acharem que conseguirão controlar na primeira tentativa. Vá com calma! Para atingir uma boa gestão emocional é preciso tempo, errar e acertar várias vezes.

“A vida é cíclica. Há tempos de aplausos e tempos de vaias, tempos de acertos e tempos de falhas, tempos de júbilo e tempos de lágrimas, tempos de sucesso e tempos de fracasso. Quem vive apenas em céu de brigadeiro está despreparado para vivê-la”.

– A. Cury, em O código da inteligência.

Colaboração: Gustavo Porto.

Tudo Para Homens

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

Compartilhe
Publicado por
Tudo Para Homens

Novos Posts

  • Comportamento

Existe um lado bom no ciúme?

Será que existe um lado bom do ciúme em um relacionamento? Confira essa reflexão.

% dias atrás
  • Bebida

Monges belgas estão ressuscitando uma receita de cerveja perdida há mais de 220 anos

Os monges da abadia de Grimbergen voltarão a produzir uma receita de cerveja medieval perdida há mais de 220 anos.

% dias atrás
  • Mulheres

Bom dia, Torrie Blake [+18]

Quando a música acabar, acenda as luzes e tome um café preto com esta boneca tatuada do sul...

% dias atrás
  • Comportamento
  • Saúde

Como aprendi a lidar com minha ansiedade

Aprenda a lidar com a sua ansiedade seguindo o exemplo de um homem que já foi muito ansioso.

% dias atrás
  • Viagem

7 viagens para fazer a dois

Confira destinos nacionais e internacionais que oferecem muito romance para casais viajantes.

% dias atrás
  • Cinema & Séries
  • Comportamento
  • Entretenimento

Diferenças entre o sexo nos filmes e na vida real

Série de tirinhas brinca com a diferença entre a romantização do sexo nos filmes, em comparação com o momento na…

% dias atrás