Como paquerar em uma balada

paquerando-na-balada

Balada é um ótimo lugar para paquerar, mas é preciso ter algumas precauções para conseguir conquistar os seus objetivos dentro dela.

Se você está precisando melhorar a sua forma de paquerar na balada, vou dar algumas dicas de como tornar esse momento mais fácil.

São dicas práticas que podem transformar uma noite sozinho em uma manhã acompanhado, confira:

Saiba que nem todas estão lá para paquerar.

Primeiramente você precisa ter em mente que não são todas as mulheres que vão para as baladas para paquerar, algumas vão apenas para realmente curtir e dançar sem compromisso.

É importante ficar atento a esse detalhe e escolher mulheres que realmente estejam querendo algo a mais. Fique de olho nos sinais que elas te dão. Se elas demonstrarem interesse você pode se aproximar delas tranquilamente.

balada

Esteja bem vestido.

A paquera não tem a ver somente com a forma de chegar nelas. É um conjunto de coisas que fazem com que você consiga se dar bem. Você deve estar com um bom perfume, não estar muito alcoolizado e, principalmente, você deve estar bem vestido.

Se você estiver bem vestido, irá chamar a atenção delas com mais facilidade e será mais fácil se aproximar, pois elas vão demonstrar mais interesse em você.

Aproxime-se dela e seja respeitoso.

Quando você perceber os sinais de que ela está interessada, você deve se aproximar dela de uma forma respeitosa. Perceba se ela continua demonstrando interesse e então tente conversar com ela.

Evite frases feitas e cantadas prontas. Tente ser original e faça com que ela se sinta bem (um simples “oi como está a sua noite?” é muito melhor do que qualquer cantada). Lembre-se de se apresentar e demonstrar que você tem as melhores intenções com ela.

Paquera

Seja generoso.

É interessante oferecer uma bebida para ela. Mas você não deve pensar que somente porque ela aceitou, que ela quer te beijar. Você precisa se esforçar mais do que isso. Se ela aceitou a sua oferta, é possível que ela esteja querendo conversar com você e te conhecer melhor (pelo menos até ela terminar o drink).

Se você conseguir manter ela interessada, é possível que você tenha sucesso. Caso contrário, é preciso aprender a lidar com a rejeição (que é muito comum nas paqueras, mas você deve tentar com a próxima).

Tente manter uma conversa interessante.

Agora que você já se aproximou e ela aceitou a bebida, você vai precisar se esforçar para conseguir algo. Você precisa manter uma conversa que a deixe interessada a passar um tempo com você. Isso não deve ser difícil.

Pergunte sobre o dia dela, faça algumas piadas e ria das piadas dela. Vocês podem não ter muito tempo para conversar, mas se estiver indo tudo bem e você conseguir manter o interesse dela, talvez você alcance seu objetivo.

Pode ser interessante levar ela para uma área menos barulhenta da balada (se houver). Com menos barulho e com mais tranquilidade, você poderá conversar melhor e terá mais chances de conquistá-la.

conquista-balada

Mantenha contato.

Se as coisas estiverem dando certo, independente se você conseguiu algo ou não (talvez ela não queira agora, mas ainda tenha interesse) você pode manter contato com ela. Diga que você gostaria de encontrá-la novamente e pergunte o número de telefone dela para manter contato.

Isso aumenta as suas chances de vê-la novamente e faz com que você possa encontrá-la em um local mais adequado. Busque por meios de conversar com ela e tente marcar um encontro a sós. Assim as coisas podem sair melhor.

Se ela estiver interessada, ela vai responder as suas tentativas de contato. Se ela não estiver, ela irá te ignorar. Se ela fizer isso, tente novamente com outra mulher.

É claro que não é tão simples quanto parece, mas com o tempo você vai pegando a jeito e as coisas começam a melhorar. O importante é arriscar, sendo educado e respeitoso. Desse jeito as coisas não devem dar muito errado para você.


Leonardo Luchetta521 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register