Como fazer uma viagem bacana gastando pouco

amigo-viagem

Recentemente fiz uma viagem bem bacana para Buenos Aires e, depois de fazer as contas, descobri que gastei menos de R$1.300. Isso incluindo os 5 dias de hospedagem, passagem de avião, refeições fora, táxis, show de tango e muito vinho.

Compartilhei sobre isso no meu instagram e muita gente pediu para eu dar essas dicas de como eu faço minhas viagens sempre curtindo bastante e gastando pouco.

Resolvi criar esse post com as dicas de como eu faço isso. Confira:

Escolha um destino e fique de olho nas passagens

aviao

A primeira coisa que eu faço é escolher um ou mais destinos que eu quero conhecer e coloco em alguns aplicativos para alertar sobre mudanças de preço e, principalmente, promoções. Existem vários, como Google Voos, Skyscanner, Kayak, etc.

Quando vejo a passagem em um preço imperdíve já compro correndo (sempre esgota rápido).

Nesse caso de Buenos Aires, a passagem foi R$650 com taxas e tudo mais.

Procure destinos onde o Real vale mais!

Nascer-Sol-Buenos-Aires

Se você quer fazer uma viagem bacana e gastar pouco, o melhor esquema é procurar um destino (se for uma viagem para o exterior) onde o Real ainda vale mais.

Alguns que eu sei que são bons: Países da América Latina (Buenos Aires principalmente), Tailândia, Egito, Vietnã, Laos, Camboja, Nepal, Indonésia, Índia, Bielorrússia, Hungria, Albânia, Rússia, Macedônia, Filipinas, Sri Lanka, República Tcheca, Moldávia, México e muito mais.

E o dimdim? Troca aqui, passa cartão lá… O que é melhor?

dolares

E aí, o que será que é melhor? Troca aqui, faz o câmbio lá, passa cartão… Cartão pré-pago, será?

Para a América Latina eu recomendo levar dinheiro e fazer o câmbio por lá. As cotações são sempre melhores do que fazer o câmbio no país. Já para moedas como Dólar, Euro, Libra e afins, o ideal é ficar de olho nas cotações e comprar por aqui mesmo.

Na viagem que fiz para a Itália entrei em alguns grupos do Facebook de compra e venda de moedas e negociei com algumas pessoas de São Paulo. Consegui pegar uns bons euros com uma cotação abaixo do câmbio atual. Mas tem que tomar bastante cuidado, por que tem muita gente golpista nessas redes sociais! rs

Em Buenos Aires, por exemplo, o esquema é fazer o câmbio no aeroporto mesmo. O Banco de la Nación Argentina fica dentro do aeroporto, logo que sai do portão de desembarque, e tem o melhor câmbio que existe na cidade! No nosso caso foi de $10,80 pesos por R$1,00! (SUCESSO!)

Cartão de crédito ou pré-pago eu não recomendo! Isso porque você vai ter que rezar para a fatura fechar com uma boa cotação da moeda (vai que aumenta do nada e a moeda em questão vai nas alturas bem no dia que vai fechar sua fatura?), além de toda transação ter um imposto (IOF) de 6,38%. Imagina dar para o governo brasileiro 6,38% de tudo que você gastar lá fora? Deus me dibre!

Além de tudo, é bacana saber quanto você tem para gastar por dia ou para toda a viagem. Com o dinheiro físico tudo fica mais controlado e você vai evitar desesperos pós viagem! (vai na minha!)

Que tal economizar na hospedagem?

hotel-futebol-mundo

Se você quer fazer uma viagem barata, uma boa dica é procurar uma hospedagem mais em conta. Vale lembrar que você, normalmente, fica mais fora do que dentro do hotel/apartamento, né? Então bora economizar!

Em Buenos Aires, por exemplo, fomos em 5 pessoas (Eu, minha namorada, minha mãe, minha sogra e a irmã dela). Resolvemos alugar um apartamento no Airbnb!

ape-airbnb

Hoje em dia muita gente está oferecendo serviços sensacionais em seus apartamentos de Airbnb.

Esse de Buenos Aires contava com 2 quartos/sala, cozinha bem completinha e até banheira! Além disso, jogos de cozinha, edredons, sabonete e toalha para todos.

Em alguns destinos existem apartamentos magníficos que podem ser alugados pelo Airbnb. Inclusive na nossa próxima viagem (Espanha em Outubro) já estamos vendo um bem bacana para 6 pessoas.

O bom é que o preço fica bem mais em conta. Fora a liberdade de fazer algumas refeições dentro do apartamento, como o café da manhã (que atualmente está bem caro em hotéis, principalmente na Europa), almoço ou jantar.

Nessa viagem de Buenos Aires ficou R$150 para cada um para os 5 dias! Isso que o apartamento era muito bem localizado (próximo ao Obelisco), no centro da cidade (perto de tudo).

Nunca usou o Airbnb? Receba até R$179 para sua primeira hospedagem!

airbnb-gc

Se você nunca usou o Airbnb, clicando aqui e se cadastrando por esse link você ganha até R$179 de desconto para sua primeira hospedagem!

Quer ficar em hotel? Veja se não tem cashback!

hotel-hong-kong-banheira

Quer ficar em um hotel ao invés de um apartamento? Pode ser uma boa para ir com a patroa e aproveitar algumas mordomias que um hotel pode te proporcionar.

A primeira dica é pesquisar em sites diferentes para ver o valor do hotel que você está querendo ficar no destino em questão. É comum alguns sites de reservas de hotéis contarem com um preço melhor que outros.

E é uma boa você também ver qual site tem cashback! Às vezes, dependendo do número de dias que você vai se hospedar, pode garantir uma grana de volta que resulta em uma hospedagem mais barata que um outro site que não dá cashback!

Mas que diabos é Cashback?

Cashback é receber o dinheiro de volta! Existe um serviço que funciona muito bem no Brasil: Méliuz.

O esquema é fazer o cadastro (clica aqui que você já ganha R$5 por indicação minha) e instalar o “lembrador” deles (no Chrome), que vai te avisar sempre que existir um “cashback” no site que você estiver acessando. Ou você pode procurar na pesquisa do Méliuz e ver se o site em questão tem Cashback.

Exemplo: No site do Booking, usando o Méliuz você ganha 4,5% de volta da sua hospedagem e até do voo!

booking-meliuz

Eu usei o Méliuz reservando os hotéis que fiquei em Verona e Milão pelo Agoda. E também usei para a compra das passagens de Buenos Aires pelo Submarino Viagens! Alguns sites demoram para confirmar o Cashback, mas sempre vem! Olha meu extrato:

meliuz-dinheiro-de-volta

Pode parecer bobeira, mas tem mais de R$130 reais que voltaram para o meu bolso nessas duas viagens.

Faz o cadastro e fica de olho quando for comprar passagem e/ou reservar um hotel! Inclusive algumas Cias Aéreas também dão Cashback pelo Méliuz.

Pesquise sobre as facilidades do destino.

viagem-trem-europa

Muitas cidades garantem algumas facilidades que vão te fazer economizar ainda mais. Na Europa, por exemplo, você consegue fazer tudo de trem e metrô.

Quando fomos para a Itália, por exemplo, fomos do Aeroporto de Milão para o centro da cidade de trem! Econômico, rápido e garantiu um belo estudo antropológico! rs

Inclusive usamos trens para conhecer outras cidades também.

Se você vai fazer um passeio cultural, também vale a pena procurar se existem tickets (normalmente são de 24h ou 48) que garantem entradas em diversos lugares por um preço fixo.

Lembre-se de ver todas as facilidades e formas de economizar!

Pense bem no que você quer da sua viagem!

alentejo-viagem

Quando você vai pesquisar um pouco sobre o destino que você está pensando em conhecer (em blogs, jornais ou revistas de viagens), sempre existirão diversas dicas do que fazer, restaurantes imperdíveis, passeios e afins.

É bom ter essa base, mas você (ou o grupo que você está viajando) precisa (m) decidir como será a viagem.

Se estão indo para conhecer tudo… Se estão indo para descansar… Se um ou outro têm a pretensão de ficar conhecendo restaurantes Michelin… E assim por diante.

É importante saber o que esperar da viagem para se planejar bem.

Eu e minha namorada, por exemplo, fazemos as viagens com foco em conhecer o destino em questão. Não somos obcecados em conhecer restaurantes e/ou bares famosos… Inclusive preferimos até comer comida de rua quando dá. Isso já faz a viagem ficar ainda mais barata.

Por exemplo: Na nossa viagem da Itália, tiramos um dia para conhecer Veneza (na verdade umas 8h). Ao invés de perdermos 2h em espera + atendimento um restaurante, preferimos conhecer toda a cidade, os pontos turísticos etc., e comer um belo pedaço de Pizza + Aperol Spritz sentados nas margens do grande canal de Veneza… Tem coisa melhor?

veneza-viagem

Se você quer economizar na viagem, é importante deixar o glamour de lado e aproveitar da melhor forma.

Dá para ir andando e é seguro? Vá! Observe tudo, conheça cantos que você não descobriria dentro de um táxi ou de um Uber mal encarado. É bom para a saúde e para o espírito!

Digo isso porque vejo muita gente que sai do Brasil com o medo nato de todo brasileiro e fica inseguro de andar pelas cidades, dependendo de táxi/Uber/afins para tudo.

Como já falei anteriormente, pesquise as facilidades que o destino oferece. Além de andar bastante, use metrô, ônibus, bike, etc. Existem várias formas econômicas de se locomover pelas cidades ao redor do mundo. E isso faz uma baita diferença nos custos totais de uma viagem.

Dica final: VIAJE!

Tecnologia & Viagem

Planeje bem, faça as contas, economize, parcele se precisar, mas viaje sempre que puder.

Viajar não é uma despesa mas sim um investimento, em você.


Guilherme Cury1771 Posts

30 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register