Principais erros cometidos no ambiente de trabalho

Mercado de Trabalho

O ambiente de trabalho é muito importante para o clima organizacional. Ele pode trazer prazer ao colaborador ou tornar o trabalho algo muito difícil de ser realizado. Em qualquer ambiente as relações são importantes, mas as relações entre os colegas de trabalho é ainda mais importante, afinal, muito tempo é gasto junto e alguns assuntos são resolvidos coletivamente. Por isso, é necessário evitar alguns erros, visando um bom clima no ambiente de trabalho. Confira alguns deles:

As mentiras.

mentiroso-trabalho

As mentiras trazem problemas em todos aspectos de nossas vidas, mas no ambiente de trabalho elas podem ter um peso ainda maior, principalmente quando você depende do colega ou de outros colaboradores para realizar o seu trabalho de uma forma adequada. Por isso, as mentiras devem ser evitadas a qualquer custo, sejam as conscientes ou os “achismos”.

A mentira consciente é aquela contada a fim de prejudicar o outro, enquanto o “achismo” é tudo aquilo que comentamos sem ter total certeza do que estamos falando. Por mais que nos pareça inofensivo, o achismo deve ser evitado pois geralmente traz muito conflito.

Fofocas.

fofoca-trabalho

As fofocas são tão prejudiciais quanto as mentiras, pois elas fazem com que as relações tornem-se cada vez mais superficiais e delicadas, afetando diretamente o clima do ambiente de trabalho e a produtividade dos colaboradores. As fofocas podem ser feitas também através do “achismo” ou de inverdades, que servem apenas para criar confusões e incertezas no ambiente de trabalho, fazendo com que todos fiquem apreensivos, mesmo quando é dita uma inverdade.

As vezes, até mesmo um comentário comum sobre outra pessoa pode tornar-se um problema, afinal, não há como sabermos se o outro irá ficar descontente com o que está sendo dito, fazendo com que algumas confusões aconteçam.

Discussões.

briga-trabalho

Quando o clima fica tão pesado a ponto de tornar-se insuportável, é que as discussões tornam-se mais frequentes. Ou seja, um ambiente conflituoso é mais propenso a ter brigas e discussões. Portanto, para chegar a discussão, outros problemas devem ter ocorrido sem serem resolvidos. Dessa forma, é necessário evitar ao máximo as discussões, pois muito do que acontece nesses momentos ficam marcado entre os integrantes, fazendo com que sintam-se ressentidos por um longo período de tempo.

Não estou falando apenas de grandes discussões ou brigas, mas também de pequenas discussões no dia a dia, que tornam-se frequentes, principalmente quando duas pessoas não conseguem concordar em suas opiniões, fazendo com que o clima organizacional vá ficando cada vez mais complicado. Aprender a entender e ouvir a opinião do outro pode poupar muitas brigas e discussões .

Comportamentos vingativos.

acucar-sal-vinganca

Quando se trata de convivência, é muito comum que ocorram alguns conflitos. Nós devemos trabalhar para evitar ao máximo esses conflitos, do mesmo modo que devemos aprender a lidar com a situação da melhor maneira possível, caso elas aconteçam. Desse modo, é preciso entender o outro e perceber que não há motivos para tentar vingar-se dele, independente do que aconteça, pois o comportamento vingativo acaba virando uma disputa entre duas pessoas.

Ou seja, se você guardar rancor do outro por algo que ele fez, e decidir vingar-se dele, a probabilidade de ela fazer o mesmo é muito grande, tornado isso em uma guerra sem fim. Por esse motivo, as vezes o mais inteligente a fazer é deixar as coisas se acalmarem e conversar de uma forma a encontrar uma solução para seus problemas.

Tentar roubar os méritos dos outros.

vencedor

Isso é algo muito comum em projetos que são feitos de forma coletiva. Por mais que um grupo seja composto de pessoas capazes para realizá-lo, sempre existirá alguém que irá se engajar mais no projeto e obter mais realizações, enquanto outro pode não se identificar tanto assim com o projeto e acabar não se esforçando ao máximo. O problema ocorre quando a pessoa que não está completamente engajada no projeto tenta tirar vantagem da pessoa que está trabalhando ou tenta demonstrar que está contribuindo, quando na verdade não está.

É preciso assumir as próprias responsabilidades, seja para o lado positivo ou para o lado negativo. Portanto, assumir os seus erros e tentar melhora-los é muito mais proveitoso do que demonstrar ter capacidade que você não tem ou ganhar bonificações por realizações que não são suas.


Leonardo Luchetta459 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

1 Comentário

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register