Porque algumas pessoas nunca mudam de opinião

homens-conversando

Você provavelmente já conheceu pessoas que nunca mudam de opinião, que estão sempre com a opinião formada, fazendo que fique muito difícil conversar com elas.

Geralmente são pessoas que estão sempre “certas” e querem convencer a todos disso, tendo dificuldade de aceitar qualquer opinião contrária a dela.

Isso é muito comum, talvez eu e você sejamos assim. Provavelmente existem outras pessoas que nos veem dessa forma, assim como nós os vemos.

Mas você já se perguntou porque algumas pessoas são assim? Pois bem, existem alguns motivos que fazem as pessoas serem assim e vamos refletir sobre eles.

Geralmente prezamos mais as nossas próprias opiniões.

Quando conversamos com outras pessoas sobre assuntos que nos são relevantes, é muito mais fácil para nós prezarmos pela nossa própria opinião, mesmo quando não temos um conhecimento aprofundado sobre o tema.

Por esse motivo, é mais fácil para nós tentar convencer o outro que estamos certos, afinal, nós realmente acreditamos que estamos corretos (mesmo quando não estamos).

Porém, isso acaba nos limitando, pois é necessário estar aberto para as outras opiniões. Quanto mais rígida for uma pessoa, em relação as suas opiniões, menos ela irá aprender e desenvolver.

homens conversando

Temos dificuldade para compreender outras perspectivas.

Um outro motivo para termos opiniões rígidas e acreditarmos que estamos sempre certos é que geralmente temos dificuldade para perceber as coisas pelo olhar do outro.

Dificilmente tentamos nos colocar no lugar do outro para perceber os motivos dele ter determinada opinião e pensamos somente nos nossos motivos.

Assim, acabamos sempre acreditando que nossas opiniões é que estão sempre certas.

Existe também o autoengano.

Isso é algo muito comum, mas nós dificilmente pensamos sobre o nosso autoengano. Ou seja, quando nós nos enganamos, conscientemente ou não, para dar vazão às nossas crenças e opiniões.

Isso significa dizer que nós, em alguns casos, observamos as coisas apenas por um aspecto, para evitar qualquer tipo de conflito e nos auto enganamos para termos a certeza que estamos corretos em algum assunto (principalmente em assuntos que são significativos para nós).

Vemos apenas o que desejamos.

Além do autoengano, nós também buscamos apenas o que desejamos ver. Ou seja, em um argumento de dois lados, nós iremos pender sempre para o lado com o qual concordamos e vamos discordar com o lado que não aceitamos. Nós fazemos isso a todo momento. Geralmente afastamos o que é contra nós e aproximamos o que está ao nosso favor.

Então, quando uma notícia, sobre algo que nos é relevante, falar sobre os dois lados da mesma história, nós passamos a reproduzir e falar apenas o que concordamos da notícia e deixamos a outra parte de lado (pois isso dá vazão para as nossas crenças).

Geralmente fazemos isso em vários aspectos de nossas vidas, buscando sempre a satisfação de estar com pessoas que compartilham as mesmas opiniões e que vão aceitar tudo o que dissermos. Enquanto nos afastamos de pessoas com opiniões e crenças diferenciadas das nossas.

Isso só faz com que cada vez mais nos convencemos de que nós estamos sempre certos.

homens conversando

Estão sempre buscando opiniões semelhantes.

Quando acreditamos em algo, nós acabamos buscando sempre pessoas e coisas que aprovem ou deem vazão para o que nós acreditamos.

Por exemplo, se você acredita que as pessoas são tendenciosas, você terá maior probabilidade de dar “like” nesse texto e aceitar o que está escrito (pois o texto dá vazão para uma crença sua). Mas se você acredita que não é bem assim, você provavelmente vai pensar que o texto está completamente errado, que é uma completa besteira.

E isso diz muito sobre nós. Porque o que gostamos e compartilhamos (não só na internet), demonstra exatamente como vemos e percebemos as cosias.

E é exatamente por esse motivo que algumas pessoas nunca mudam de opinião, pois elas ficam buscando embasamento para as suas próprias crenças, enquanto negam tudo o que for contrário do que elas acreditam.


Leonardo Luchetta483 Posts

É psicólogo e redator de conteúdos. Escreve, reflete e pesquisa sobre os mais variados temas. Não considera a escrita como trabalho, mas uma necessidade da alma.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register