Os riscos da obesidade, grande mal da população mundial

obesidade

A obesidade tem sido considerada, atualmente, como um dos grandes males da população mundial.

Tem crescido em todo o planeta o número de pessoas acima do peso ou obesas. Aqui no Brasil, por exemplo, estudos recentes realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que cerca de 60% da população está acima do peso.

A obesidade está categorizada como um dos grandes males atuais por conta do grande número de doenças que pode provocar. Ela tem relação direta com elevações do índice de estrogênio, testosterona e insulina, que podem provocar ou maximizar doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes tipo 2 e problemas físicos como artrose, artrite, além de tumores de vesícula, intestino, dentre outros.

Para saber se uma pessoa está obesa, deve-se calcular o Índice de Massa Corporal (IMC). Essa medida é obtida com a divisão do peso do paciente (em quilos) pela sua altura (em metros) elevada ao quadrado. Pelos padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS), quando o resultado do IMC fica entre 18,5 e 24,9, o peso é considerado normal. Entre 25,0 e 29,9, sobrepeso, e acima deste valor, a pessoa é considerada obesa.

obesidade-saude

Como, então, combater esse grande mal da população mundial? O caminho mais efetivo é manter-se ativo, praticando regulamente exercícios físicos, e ter uma alimentação mais sadia. Esse método simples de vida saudável deve ser implantado já nas escolas infantis, com propostas mais ativas como forma de educar o cidadão desde criança. Vale lembrar que crianças saudáveis tendem a não ser obesas no futuro.

Entende-se como ser ativo usar mais as escadas, ir mais a pé a lugares próximos como para a padaria ou até a farmácia, além de incluir atividades de treino supervisionadas por um profissional de Educação Física, seja na academia ou individualmente, para que os benefícios do exercício sejam maiores e ainda mais preventivos.

Aqui vale uma dica: Se você faz parte daquela turma que diz não ter tempo para se exercitar, fique tranquilo! Estudos recentes comprovam grandes benefícios para exercícios curtos e intensos, com cerca de 10 a 20 minutos, que geram resultados semelhantes de treinos com maior tempo de duração. Por isso, não há desculpas para não se exercitar.

É muito importante destacar que se você não tem tempo para cuidar da saúde hoje, gastará tempo e dinheiro no futuro para cuidar de sua doença. Lembre-se disso e corra, literalmente, para uma vida saudável.

Colaboração: Matheus Pavan.
Formado em Educação Física pela PUC-Campinas, especializado em Personal Trainer, emagrecimento, qualidade de vida e saúde. Possui duas certificações mundiais em Personal Training (RTS e WTTC).


Tudo Para Homens452 Posts

Um portal sobre tudo que o homem gosta e mais um pouco: Automobilismo, Comportamento, Relacionamento, Entretenimento, Estilo, Gastronomia, Bebida, Mulheres, Tecnologia e muito mais.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register