O Bosque Soturno [Crítica]

obosquesoturno

Fui conferir a peça “O Bosque Soturno” que está em cartaz no Teatro Eva Hertz, em São Paulo.

O texto é uma adaptação da obra do dramaturgo norte-americano Neil LaBute. No elenco estão Guta Ruiz e Pedro Bosnich, sob a direção de Otávio Martins.

Sinopse

O Bosque Soturno narra os conflitos entre um casal de irmãos que precisa superar as diferenças de personalidades e feridas antigas para resolver uma situação delicada e cheia de mistérios. Presos em um chalé no meio de uma floresta, em uma noite fria e chuvosa, Betty e Bobby se mostram adultos repletos de conflitos e traumas não resolvidos, o que contribui para o clima de tensão da narrativa. Uma história sobre segredos, relação familiar, luto e maturidade, O Bosque Soturno é uma exploração da psique humana do célebre dramaturgo americano Neil LaBute, reconhecido pela profundidade e intensidade de suas peças, além da sua enorme veia de humor negro que contagia todas suas peças.

foto-bosque-soturno

Crítica

O problema de uma peça com um cenário simples e pouco elenco é que acaba exigindo um grande trabalho dos atores. No caso de “O Bosque Soturno”, Guta e Pedro conseguem resolver isso sem problemas.

Ambos são muito bons e atuam de forma séria e natural. Isso te faz entrar no clima tenso que existe nesse “chalé” no meio de um bosque.

Com um diálogo bem adaptado para o Brasil, os dois se entendem e se desentendem durante a peça inteira.

Não sei se é uma característica da personagem “Betty”, criada por Neil LaBute, mas a Guta conseguiu transmitir muito bem uma pessoa completamente bipolar. E isso é bastante interessante no jogo de atuação.

É uma peça bem pesada e que acaba mexendo com a sua emoção.

O único problema é que a peça é um pouco curta e acaba quando você ainda espera um pouco mais. Mas vale super a pena assistir!

Serviço

O Bosque Soturno
De 3 de fevereiro a 24 de março de 2017
Quintas e sextas -feiras, às 21h
Duração: 60 minutos
Classificação Indicativa: 16 anos

Teatro Eva Herz – Conjunto Nacional
Endereço: Av. Paulista, 2073 – Bela Vista – São Paulo/SP
Tel. (11) 3170-4059
Capacidade: 168 (quatro lugares para cadeirantes)
Ingressos: R$ 40,00 | R$ 20,00 (meia entrada)
Horários Bilheteria: Terça a Sábado, das 14h às 21h; Domingos, das 12h às 19h
Ingresso Rápido ou (11) 4003-1212

Nota 3


Guilherme Cury1433 Posts

29 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register