A democratização das academias de musculação

academia-musculacao

Não sei você, mas eu sempre tive o hábito de frequentar alguma academia de musculação. E uma coisa que me assustou bastante, quando me mudei do interior para São Paulo, foi descobrir os valores que as academias cobravam por aqui.

Perto da minha casa só tinha uma opção… Uma academia bem pequena que cobrava cerca de R$79 para o plano estudantil (para frequentar das 6h – 16h) e fazendo o contrato de 6 meses. Ah, além disso tinha a matrícula, carteirinha e tudo mais (que acabava acrescentando uns R$150 na conta final). Caso você quisesse um plano livre (das 6h – 22h), o valor era por volta de R$119, dependendo do contrato.

Eu era de Bauru e por lá as academias eram bem baratas. Na verdade “baratas” pensando no valores que eram praticados em algumas grandes capitais que já visitei.

Lembro que eu pagava cerca de R$59 em uma academia que tinha tudo: natação, aulas de fitness, todos aparelhos possíveis de musculação, quadra poliesportiva e até aquela máquina de dança (PUMP) de graça.

Mas tudo bem, como me mudei para a capital, tive que me acostumar com essa nova realidade.

Fiquei frequentando essa academia perto de casa e, lógicamente, no plano mais barato possível.

musculacao

Mas como eu nunca fui de fazer aulas (sempre gostei de musculação e não das aulinhas), acabava sempre achando uma injustiça fazerem um plano único mesmo se você só fosse para a academia somente para levantar ferro.

E foi depois de alguns anos que surgiu uma academia um pouco mais barata no bairro (ficava a cerca de 4 quadras de casa), que era focada só nos ferros. Não tinha aula alguma por lá. E se você perguntasse se teria aula, os caras já cortavam seu plano e no outro dia você já não passava mais na catraca. (zoeira)

Não pensei 2 vezes e fui pra essa academia… Era um pouco suja, com alguns problemas e repleta de travestis (que me ensinaram uns treinos bem pesados de perna!).

Mas depois de algum tempo essa academia acabou fechando… Não sei se foi por ser um pouco mais barata ou por ter muitas baratas mesmo. Eu até brincava com um amigo meu de treino falando que algum dia a academia iria ser fechada pela vigilância sanitária. Talvez foi mesmo.

Bom, a questão é que eu sempre fiquei esperando uma solução para esse alto custo das academias. Principalmente quando vi esse vídeo do “Realidade Americana” mostrando os valores e como são as academias dos EUA:

E não é que surgiu esse conceito americanizado no Brasil? Foi uma alegria pros monstros de plantão. Principalmente os que, assim como eu, querem apenas puxar ferro e economizar com o plano mensal.

A brincadeira começou com a Smart Fit, que deu uma grande mexida no mercado.

Essa academia perto de casa mesmo (a primeira que citei), hoje custa o mesmo valor da Smart (cerca de R$69 mensal). E eu me pergunto: “Se a academia já está há 2 anos funcionando com os valores parecidos com o da Smart Fit, porque antes eles cobravam R$120?”.

A resposta é simples: Faltava concorrência de baixo custo. Não tinha nenhuma opção com as mesmas propostas dessas novas academias americanizadas. Eram essas de bairro que custavam cerca de R$100 (em média) ou as redes de grandes nomes que tinham suas mensalidades acima de R$300 por mês.

Mas graças ao Deus Monstrão do Baixo Custo, hoje a realidade é outra.

bluefit-academia

Recentemente descobri uma academia que chega com uma proposta de baixo custo e com unidades que funcionam 24h todos os dias, a BlueFit. Eles abriram uma unidade perto de casa, na Frei Caneca, que já virou minha nova academia.

Pra quem ainda não conhecia, a rede já conta com mais de 15 unidades pelo país, com mensalidades de R$79,90 ou R$89,90 (dependendo da unidade que você for treinar). E eles também oferecem o plano que permite que você treine em outras unidades (Gold). No meu caso é interessante esse plano porque sempre vou pra Santos e eles contam com uma unidade pertinho do apartamento.

A academia é bem no esquema da Smart Fit, com equipamentos bons e alguns professores que podem te auxiliar nos treinos (montando treino, tirando dúvidas, ajudando, etc.).

De diferencial, em comparação com a Smart, eu vejo três pontos:

• Aparelhos. Eu me adaptei mais com eles (senti que pegam mais os músculos). Além de terem um relógio que conta os movimentos e o tempo de pausa (é interessante quando você vai treinar sozinho e sempre se perde nas contagens – eu sou desses).

• Unidades 24h. A maioria das unidades da BlueFit são 24h. Parece bobeira, mas você agradece esse horário amplo, principalmente, de fim de semana. Isso porque a maioria das academias tem um horário bem restrito (normalmente fecham as 16h). Já na BlueFit você pode treinar de boa as 22h no sábado (por que não?).

• Aulas e artes marciais. Frequentando a academia você pode fazer aulas de ginástica e até artes marciais! Tem Jump, Alongamento, Dance Clip, Hiit, Localizada, Pilates, Zumba, Jiu Jitsu, Muay Thai e muito mais. Pra quem curte aulas ou artes marciais, é um grande diferencial!

bluefit-verbodivino

Vale a pena dar uma olhada no site, conhecer as unidades e os preços: bluefitacademia.com.br.


Guilherme Cury1450 Posts

29 anos, blogueiro, publicitário e músico. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register